Itália faz primeiro transporte de sangue do mundo usando um drone


No domingo (21/10), um drone realizou, pela primeira vez, um transporte de bolsas de sangue, durante um experimento italiano, conduzido por uma “spin off” da Escola Superior de Sant’Anna, na província de Pisa.

O transporte ocorreu às 11h locais (6h no horário de Brasília), em Pontedera, e só foi possível graças a uma cápsula inteligente que permitiu que o drone transportasse o sangue controlando as condições de temperatura e umidade.

O experimento consistiu em uma simulação na qual um drone levanta voo do centro de transfusão do Hospital F.Lotti para realizar uma entrega urgente de sangue.

Com o drone, o tempo de transporte de bolsas de sangue foi reduzido de uma hora para apenas 10 minutos. O teste foi conduzido pelo engenheiro biomédico Andrea Cannas e pelo arquiteto de projetos e segurança Giuseppe Tortora.

Por Redação GN | Fonte: ANSA
Compartilhe no G+

GN OnLine

Os comentários não representam a opinião do GN Online; a responsabilidade é única e exclusivamente do autor do comentário.

0 comentários: