Irmãos sequestrados foram torturados antes de serem mortos no CE


Um completo mistério envolve o desaparecimento e morte de dois irmãos na cidade de Pacajus, na Região Metropolitana de Fortaleza/RMF (a 49Km da Capital). Após a circulação nas redes sociais de fotos e vídeos das vítimas sendo torturadas e mortas, a família não conseguiu até agora localizar os corpos. Os dois rapazes sumiram na manhã de sábado (15) quando saíram de casa, no bairro Croatá. “A família sabe que eles não estão mais vivos, mas quer, ao menos, enterrá-los”, disse uma tia dos jovens desaparecidos.

A primeira versão que circulou nas redes sociais e foi replicada pela Imprensa falava que os corpos haviam sido encontrados nas primeiras horas de domingo passado (16) na zona rural do Município de Ocara (a 101Km de Fortaleza). No entanto, na última terça-feira (18), familiares revelaram que já percorreram várias delegacias, hospitais e não encontraram os irmãos.

Em uma das imagens que circularam nas redes sociais, os dois irmãos, identificados por Antônio Felipe Silva Rodrigues, 22 anos; e Aldecir Silva Rodrigues, 20 anos, conhecido por “Micael”, aparecem feridos e amarrados com cordas no pescoço. Outra foto mostra um deles já decapitado. Já em áudios também postados em aplicativos, bandidos que estariam em Pacajus comentam que os dois jovens teriam sido mortos por envolvimento com uma facção criminosa.

Por Redação GN | Fonte: Forte Na Notícia 
Compartilhe no G+

GN OnLine

Os comentários não representam a opinião do GN Online; a responsabilidade é única e exclusivamente do autor do comentário.

0 comentários: