Confira os temas de Ciências Humanas que mais caem no Enem


Apesar de toda a complexidade do Enem, na análise dos professores existem assuntos que aparecem com frequência nas provas. Os especialistas dizem que o exame cortuma abordar o universo dos Direitos Humanos e da Cidadania e que temas como revoluções industriais, estruturas fundiárias e meio ambientes surgem todos os anos.

A professora de História e Atualidade no Instituto Dom de Educar (Rede FTC), Daniela Praia, recomenda que os estudantes fiquem atentos às datas comemorativas ou simbólicas, porque elas também são frequentes no exame.


“Datas importantes e que fecham um século ou 50 anos, por exemplo, sempre aparecem em algumas das questões, como os 100 anos do final da Primeira Guerra Mundial, por exemplo, celebrados neste ano”, disse.

Quando o assunto é Atualidades, o conselho do professor de Geografia do Colégio Antônio Vieira, Ricardo Behrens, é que os estudantes foquem nos prazos. “As questões de Atualidades estão ligadas ao primeiro semestre, de janeiro a junho ou julho, no máximo. Depois disso, as provas já estarão prontas, mas é preciso ficar atento”, contou.

No Brasil, desde 2014 as notas máximas obtidas pelos candidatos na prova de Ciências Humanas ficam na casa dos 800. No ano de 2014 foi 862,1, em 2015 (850,6), em 2016 (859,1), e em 2017 (868,3).

Confira os assuntos mais comuns listados pelos professores na tabela abaixo.


Por Redação GN | Fonte: Correio
Compartilhe no G+

GN OnLine

Os comentários não representam a opinião do GN Online; a responsabilidade é única e exclusivamente do autor do comentário.

0 comentários: