Candidatura de mulheres no Nordeste fica no piso, com 30,3% dos registros


O número de candidatas mulheres no Nordeste ficou no piso estipulado pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral) que é de, no mínimo, 30% dos postulantes, com 30,3% dos registros na região.

No Brasil, o porcentual foi discretamente superior: 30,7%, o equivalente a 8.435 do total de 27.485 pedidos de registros encaminhados ao TSE. Em 2014, as mulheres representavam 8,1 mil, ou 31,1% das candidaturas do país.

Dados da Justiça Eleitoral revelam ainda que a maior parte das candidatas se declara branca (51,7%) ou parda (33,4%), com idade entre 45 e 49 anos e nível superior completo. Pelos dados, 61,7% das candidaturas são para vagas de deputadas estaduais, enquanto 30% para federais.

Por Redação GN | Fonte: Metro1
Compartilhe no G+

GN OnLine

Os comentários não representam a opinião do GN Online; a responsabilidade é única e exclusivamente do autor do comentário.

0 comentários: