Aluna grávida tem 20% do corpo queimado em explosão no laboratório da UFRJ


deixou três pessoas feridas e entre elas uma aluna grávida. O incidente aconteceu na manhã desta quarta-feira (15). A assessoria da UFRJ informou que as três vítimas foram encaminhadas para o Hospital Universitário.

A vítima mais grave é a aluna identificada como Isabela Rocha que está grávida e teve 20% do corpo queimado. “Ela sofreu corte no rosto, no pescoço e nas mãos, cortes acompanhados com queimadura de ácido. Ela foi atendida, foi estabilizada, não houve perda de sangue”, explicou Erickson Almendra, diretor administrativo da Coppe-UFRJ. As outras duas pessoas feridas foram os técnicos Osvaldo Freire e Nelson Aguiar.

O acidente aconteceu no Laboratório de Práticas de Metalografia, no segundo andar do prédio de Metalurgia da Coppe/UFRJ, localizado no Bloco F da Ilha do Fundão. Bombeiros de três quartéis foram acionados para o local. O andar foi interditado. A Coppe é o maior centro de ensino e pesquisa em engenharia da América Latina.

Por Redação GN | Fonte: Bahia Notícias
Compartilhe no G+

GN OnLine

Os comentários não representam a opinião do GN Online; a responsabilidade é única e exclusivamente do autor do comentário.

0 comentários: