WhatsApp cada vez mais próximo de oferecer serviços bancários


Desde que o Facebook anunciou suporte a bots - em resumo, softwares que executam ações repetidas, como robôs -, notícias sobre bancos oferecendo serviços pelo WhatsApp se tornaram frequentes. O Banco do Brasil, por exemplo, testa fornecer saldos e extratos pelo mensageiro adquirido pela empresa de Mark Zuckerberg.

O serviço é, segundo o Olhar Digital, semelhante ao já oferecido via Messenger, mas não é feito nativamente e requer que o usuário acesse o site da instituição antes de liberar a consulta.

O Itaú também testa as águas da monetização do WhatsApp. O banco já disponibilizou um teclado, para smartphones Android e iOS, que permite fazer transferência de dinheiro sem sair do app. O banco testa ainda, desde o ano passado, acesso a gerentes via WhatsApp a clientes com saldos mais altos.

Na Índia, os testes já envolveriam pagamentos e transferência de dinheiro. Segundo o TechRadar, o recurso ficará disponível a partir da próxima semana. O sistema financeiro usa o Unified Payment Interface (UPI) e foi desenvolvido pela National Payments Corporation of India. Não há previsão e expansão deste serviço. Diretor de Marketing do WahstApp, Maz Sharafi já informou que não quer apressar o filão Business do mensageiro.

Por Redação GN | Fonte: NM
Compartilhe no G+

GN OnLine

Os comentários não representam a opinião do GN Online; a responsabilidade é única e exclusivamente do autor do comentário.

0 comentários: