Fabiana Cozza renuncia ao papel de Dona Ivone Lara


A cantora Fabiana Cozza, que estava escalada para interpretar Dona Ivone Lara num musical sobre a sambista, renunciou ao papel. Ela foi alvo de críticas, do movimento negro, de que seria "branca demais" para viver Dona Ivone. Filha de pai negro e mãe branca, Cozza é grande conhecedora do repertório de Dona Ivone.

Foi a própria família da sambista, falecida no ano passado, aos 96 anos, quem indicou seu nome à produção do musical, que tem previsão de estreia em setembro no Teatro Carlos Gomes, no Rio. O anúncio do elenco foi feito na última quarta-feira (30/5).

Neste domingo, Cozza publicou em suas redes sociais uma carta de renúncia ao papel na qual diz "ter dormido negra numa terça-feira e numa quarta, após o anúncio do meu nome como protagonista do musical, acordar 'branca' aos olhos de tantos irmãos".

"Renuncio porque falar de racismo no Brasil virou papo de gente 'politicamente correta'. E eu sou o avesso. Minha humanidade dói fundo porque muitas me atravessam. Muitos são os que gravam o meu corpo. Todas são as minhas memórias", escreveu.

Por Redação GN | Fonte: Folhapress
Compartilhe no G+

GN OnLine

Os comentários não representam a opinião do GN Online; a responsabilidade é única e exclusivamente do autor do comentário.

0 comentários: