Rede Municipal de Ensino de São Gonçalo pode decretar uma nova greve


A Associação dos Professores Licenciados da Bahia, APLB, núcleo São Gonçalo dos Campos, pode decretar estado de greve na rede municipal de ensino da cidade. Isso porque, segundo o comunicado da associação, as negociações junto ao governo municipal a respeito da correção salarial anual da categoria, além de outros pontos também de natureza econômica até o momento não foram atendidos pela administração. Uma paralisação de 48 horas terá início dia 5 de abril.

No comunicado, a APLB finaliza alertando que está à espera de um contato da administração municipal para uma possível suspensão da paralisação.

"De sua parte, a APLB entende que a negociação de trabalho realizada de boa-fé, com equilíbrio, bom senso e resultados é a melhor alternativa e, por isso mesmo, está disposto a negociar para evitar o conflito, de modo a que seja obtido atendimento aos postulados da pauta reivindicatória com adequação aos interesses das partes e em total respeito à população do município."

Confira o comunicado


Por Redação GN | Fonte: São Gonçalo Agora
Compartilhe no G+

GN OnLine

Os comentários não representam a opinião do GN Online; a responsabilidade é única e exclusivamente do autor do comentário.

0 comentários: