Menina morre após comer bolo feito para o pai que está preso


Um pedaço de bolo teria causado a morte de uma bebê de quase dois anos, no Acre, na quarta-feira (25). Segundo a Polícia Civil de Sena Madureira, o quitute seria levado ao pai de Kethelly Katrinny, que está detido no Presídio Evaristo Moraes.

A receita foi preparada pela mãe da menina. Dois primos da menina, que são adolescentes, também passaram mal após comer o quitute.

Conforme a polícia, o corpo da menina, que tinha 1 ano e 11 meses, está sendo autopsiado no Instituto Médico Legal (IML) de Rio Branco. Os ingredientes usados na preparação também foram recolhidos por técnicos e passarão por análises.

Um parente contou ao G1 que o pai de Kethelly Katrinny tentou cometer suicídio na cadeia, ao saber da morte da filha. A mãe está em estado de choque. O laudo expedido pelo médico que socorreu a menina, no hospital da cidade, revela que ela apresentava um quadro de intoxicação alimentar.

Por Redação GN | Fonte: Notícias Ao Minuto
Compartilhe no G+

GN OnLine

Os comentários não representam a opinião do GN Online; a responsabilidade é única e exclusivamente do autor do comentário.

0 comentários: