Homem é condenado por tentar prostituir filha


Andrew James Turley foi condenado a 60 anos de cadeia na última sexta-feira (23), no Texas, por tráfico infantil e por ter tentado a prostituição de menor de 18 anos. De acordo com o Independent, o homem natural do Wisconsin, fez um anúncio na internet para prostituir a filha de quatro anos de idade.

O caso foi descoberto há dois anos, quando as autoridades foram alertadas para o anúncio, publicado na Craigslist (uma plataforma equivalente ao Olx). O anúncio chamava-se ‘Play with Daddie’s Little Girl’ (‘Brinca com a menina do Papai') e descrevia uma menina “com menos de 10 anos”.

O homem, de 30 anos de idade, foi detido quando foram interceptados mais de 70 emails que trocou com um potencial cliente, que na realidade era um agente da polícia. Nas trocas de mensagens, Turley dizia ao cliente que iria medicar a criança antes do ato e que seriam cobrados mil dólares (cerca de R$ 3,3 mil) por duas horas.

Turley escrevera, ainda, que a menina poderia ser muito nova para penetração, mas que todo o resto não teria problema. O homem foi detido em novembro de 2015, quando o agente da polícia com o qual trocava e-mails fictícios foi até a sua casa. A menina foi encontrada em uma cama, sem sentidos, nua e coberta por um lençol. A mãe não foi detida, por não ter sido comprovado ter conhecimento do que o companheiro planejava.

Por Redação GN | Fonte: Notícias Ao Minuto
Compartilhe no G+

GN OnLine

Os comentários não representam a opinião do GN Online; a responsabilidade é única e exclusivamente do autor do comentário.

0 comentários: