PF investiga crime de gestão fraudulenta na Bahia


A Polícia Federal e a Controladoria Geral da União deflagraram, nesta sexta-feira (22), a "Operação Caixa 3" em cinco estados, inclusive na Bahia – 14 mandados são sendo cumpridos no estado, no Ceará, São Paulo, Pernambuco e Rio de Janeiro.

A investigação tem como alvo o Banco do Nordeste e a suspeita de gestão fraudulenta em razão de procedimento de troca de garantia em financiamento, medida que concedia benefício a um grupo empresarial específico, do ramo de bebidas.

As medidas foram expedidas pela 11ª Vara Federal da Subseção Judiciária de Fortaleza/CE. Ao todo 72 policiais federais e dez servidores da CGU estão dando cumprimento às medidas cautelares.

A operação - Relatórios da Controladoria Geral da União apontaram descumprimento de normas do banco quanto à avaliação de risco da operação; descumprimento de norma do banco em relação à substituição da garantia; não estabilização do empreendimento da Bahia; fragilidade no acompanhamento do BNB na comprovação financeira na construção da fábrica de uma cervejaria na Bahia.

Por Redação GN | Fonte: Metro1
Compartilhe no G+

GN OnLine

Os comentários não representam a opinião do GN Online; a responsabilidade é única e exclusivamente do autor do comentário.

0 comentários: