Preços do varejo para o Natal devem cair pela primeira vez desde 2009


De acordo com a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), os preços do varejo para o Natal devem cair 1,1%, em média, em relação ao ano de 2016. É a primeira vez desde 2009 que a entidade prevê deflação para o período. No ano passado, os preços para a data comemorativa subiram, em média, 9,8%, e em 2015, a variação média foi de 10,9%.

A redução nos preços acompanha a tendência que vem sendo constatada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) de queda da taxa de inflação medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), conforme informações da Agência Brasil.

A CNC também divulgou nesta terça-feira (7/11) levantamento sobre as expectativas do setor para o Natal. Segundo eles, as estimativas de crescimento das vendas para o Natal e de contratação de trabalhadores formais no período são altas. A expectativa de crescimento das vendas subiu de 4,3 % para 4,8%, enquanto as estimativas para a contratação de trabalhadores formais passou de 73,1 mil para 73,8 mil vagas.

Por Redação GN | Fonte: Aratu Online
Compartilhe no G+

GN OnLine

Os comentários não representam a opinião do GN Online; a responsabilidade é única e exclusivamente do autor do comentário.

0 comentários: