Gusttavo Lima abandona show após disparos de tiros; veja


O cantor Gusttavo Lima teve que interromper um show em Rondonópolis, a 218 km de Cuiabá, na madrugada deste sábado (4), após um policial militar, que estava à paisana, se envolver em uma briga e realizar vários disparos para o alto. De acordo com a assessoria do músico, após 1 hora e 25 minutos de show, o sertanejo foi alertado sobre os disparos e decidiu deixar o palco junto com sua equipe, por segurança. “Saímos de casa para levar alegria às pessoas, fico indignado com este tipo de atitude. Me senti confortado por saber que ninguém perdeu a vida”, declarou.

O autor dos disparos, soldado Raimundo Henrique Leal dos Santos, de 22 anos, reagiu ao ser abordado por outro policial, identificado como major Roosevelth Oliveira Escolástico, de 38 anos, atirou contra o major e acabou sendo baleado na perna. Não houve vítimas fatais no ocorrido. O soldado está preso e é acompanhado pelo Comando Regional da PM.

Em depoimento, o soldado, nega ter participado da briga e relata que foi agredido. De acordo com o delegado Vinícius Francisco Prezoto, responsável pelo caso, Raimundo relatou que foi atingido por uma garrafa na cabeça e, assim que caiu no chão, começou a ser agredido. "Depois, ele diz que fez disparos para o alto para que cessasse a agressão e a briga", disse em entrevista ao G1. O soldado afirmou ainda que saiu da briga e foi até o estacionamento do evento, onde foi baleado pelo outro policial militar.

Veja: 

                       

Por Redação GN | Fonte: Agências
Compartilhe no G+

GN OnLine

Os comentários não representam a opinião do GN Online; a responsabilidade é única e exclusivamente do autor do comentário.

0 comentários: