Governo proibirá abertura de novos cursos de medicina por 5 anos


O presidente Michel Temer assinará um decreto que proíbe a abertura de novos cursos universitários de medicina no país durante um prazo de cinco anos.

As informações são da coluna de Mônica Bergamo, do jornal Folha de S. Paulo.

Segundo o ministro da Educação, Mendonça Filho, o presidente deve assinar o decreto até o fim deste ano. "Há um clamor dos profissionais de medicina para que se suspenda por um período determinado a abertura de novas faculdades, em nome da preservação da qualidade do ensino", explicou o ministro à colunista.

Mendonça Filho informou, ainda, que dois editais para abertura de novas graduações na área, lançados ainda na gestão de Dilma Rousseff, serão concluídos.

Por Redação GN | Fonte: Notícias Ao Minuto
Compartilhe no G+

GN OnLine

Os comentários não representam a opinião do GN Online; a responsabilidade é única e exclusivamente do autor do comentário.

0 comentários: