Brasil pretende erradicar hepatite C até 2030, diz ministro da Saúde


Seguindo a recomendação da Organização Mundial de Saúde (OMS), o Brasil tem como meta erradicar a hepatite C até 2030. A declaração foi feita pelo ministro da Saúde, Ricardo Barros, na Cúpula Mundial de Hepatites 2017, nesta quarta-feira (1º). Hoje, 155 mil brasileiros são atingidos pela doença.

Como ainda não existe vacina para prevenir a hepatite C, a eliminação só pode ser feita através de tratamento. Por isso, para alcançar a meta, o governo vai tratar não apenas os pacientes com comprometimento no fígado, mas também os doentes em estágios iniciais.

"Vamos distribuir 12 milhões de testes no próximo ano, 200 milhões de pessoas serão testados até 2030", disse o ministro. A pasta ministerial também vai alterar a modalidade de compra do tratamento. Assim, passa a ser responsabilidade do laboratório fazer o acompanhamento do paciente. O custo do tratamento foi estimado em US$ 3 mil por pessoa.

Por Redação GN | Fonte: Agências
Compartilhe no G+

GN OnLine

Os comentários não representam a opinião do GN Online; a responsabilidade é única e exclusivamente do autor do comentário.

0 comentários: