Beyoncé é a mulher mais bem paga da música este ano


Com cerca de R$ 342 milhões arrecadados nos últimos meses, Beyoncé conquistou o topo das mulheres mais bem pagas da música este ano, ocupando o primeiro lugar que em 2016 foi da cantora Taylor Swift, com ganhos estimados em R$ 554,3 milhões. Segundo a lista divulgada pela Forbes na última segunda-feira (20), com a ascensão da "Queen B", Adele ficou na segunda posição, com de R$ 225 milhões, enquanto Taylor Swift ficou em terceiro lugar, com aproximados R$ 143,4 milhões.

O sucesso da diva americana é atribuído pela revista ao seu álbum mais recente, "Lemonade" e à turnê internacional "Formation". A linha de roupas lançada por Beyoncé, a Ivy Park,  e outros contratos comerciais teriam impulsionado o crescimento das cifras.

Em quarto lugar das mulheres mais bem pagas da música a Forbes apontou a canadense Celine Dion, cujo retorno após uma pausa temporária para se recuperar da morte do marido, Rene Angeli, teria lhe rendido R$ 137 milhões.

A lista é elaborada com base nos ganhos relacionadas ao período entre junho de 2016 e junho de 2017, através da entrevistas com executivos, agentes, advogados e estrelas da indústria do espetáculo. De acordo com a Folha de São Paulo, ainda teriam sido analisados dados da da Pollstar, da RIAA (Recording Industry Association of America) - a associação setorial das gravadoras americanas - e da empresa de rastreamento Nielsen SoundScan.

Por Redação GN | Fonte: NM/Fama
Compartilhe no G+

GN OnLine

Os comentários não representam a opinião do GN Online; a responsabilidade é única e exclusivamente do autor do comentário.

0 comentários: