Senado aprova reconhecimento de CNH entre Brasil e Itália


O Senado Federal aprovou nesta quinta-feira (19) o decreto que ratifica o acordo de reconhecimento recíproco de carteiras de habilitação entre Brasil e Itália.

Como já havia sido chancelado pela Câmara, o texto segue agora para promulgação. Na Itália, onde não há a necessidade da passagem legislativa, os procedimentos para a ratificação do tratado foram finalizados pouco depois de sua assinatura, ocorrida em novembro de 2016.

O acordo permitirá que cidadãos dos dois países convertam suas cartas de motorista definitivas - nas categorias A e B - sem necessidade de submeter-se a exames práticos ou teóricos. Atualmente, um brasileiro com CNH, por exemplo, precisa fazer todas as provas necessárias para ser habilitado na Itália.

No entanto, o benefício valerá apenas para cidadãos que solicitarem a conversão antes de completar quatro anos no outro país. "Cerca de 70 mil, entre italianos e brasileiros, serão beneficiados. Quanto mais facilidade e mais acordo, maior é o respeito mútuo entre estas nações", comemorou a deputada ítalo-brasileira Renata Bueno.

Por Redação GN | Fonte: ANSA
Compartilhe no G+

GN OnLine

Os comentários não representam a opinião do GN Online; a responsabilidade é única e exclusivamente do autor do comentário.

0 comentários: