Lutadora de jiu-jitsu é assassinada após voltar do velório do irmão


A lutadora de jiu-jitsu Aline Lima Simas, de 17 anos, foi morta com 12 tiros na madrugada desta segunda-feira (30/10), após voltar do velório do irmão, também assassinado. Segundo informações da Polícia Civil, familiares contaram que a vítima recebeu uma ligação e saiu de casa. O crime aconteceu na Rua da Gratidão, no bairro de Piatã, em Salvador.

Informações extraoficiais dão conta de que Aline estava grávida e o crime será investigado pela 1ª Delegacia de Homicídios (DH)/Atlântico.

Por Redação GN | Fonte: Aratu Online
Compartilhe no G+

GN OnLine

Os comentários não representam a opinião do GN Online; a responsabilidade é única e exclusivamente do autor do comentário.

0 comentários: