Sul-Americana: Brasileiros duelam para sair na frente nas oitavas de final


Três jogos envolvendo times brasileiros dão sequências as disputas da rodada de ida das oitavas de final da Copa Sul-Americana, nesta quarta-feira (13). Logo às 19h15, o Sport recebe a Ponte Preta na Ilha do Retiro, em Recife. No mesmo horário, Chapecoense e Flamengo duelam na Arena Condá. Fechando as disputas, o Corinthians encara o Racing, na Arena Itaquera, às 21h45. Apesar de ser confrontos direitos, todos os times buscam sair na frente na briga pelas quartas de final.

A partida entre o Leão da Ilha e a Macaca acontece às 19h15, na Ilha do Retiro, promete ser o jogo mais disputado. O Sport atravessa sua maior crise desde a chegada do técnico Vanderlei Luxemburgo, e já acumula seis partidas sem vitória. Em seu último compromisso, pelo Brasileirão, foi derrotado em casa pelo Avaí, por 1a 0. A Ponte Preta vem logo abaixo na tabela, com um ponto ao menos, mas mesmo sem ser um primor, vem apresentando um futebol um pouco melhor. Nos últimos seis jogos empatou quatro vezes, perdeu uma e venceu outra.

No jogo da Arena Condá, que acontece no mesmo horário, o Flamengo é favorito para vencer a Chapecoense, apesar da condição de visitante. Não é de hoje que o time catarinense vem caindo de produção, e depois de começar bem o Campeonato Brasileiro, ocupa agora a zona de rebaixamento. Além disso, perdeu o treinador Vinícius Eutrópio, que não resistiu às três derrotas consecutivas nos últimos jogos. Será dirigido pelo interino Emerson Cris.

O Rubro-Negro é um dos cinco melhores times do Brasileirão, finalista da Copa do Brasil e possui um dos plantéis mais qualificados do país. Apesar dos tropeços nos três últimos compromissos, tem totais condições de vencer em Chapecó. O técnico Reinaldo Rueda não divulgou a escalação, mas Geuvânio, Romulo e Matheus Savio foram os únicos jogadores que ficaram no Rio. O problema no gol será sanado com a presença de Diego Alves, e o zagueiro Réver deve voltar o time.

TIMÃO VEM FOCADO
O Corinthians terá um dos desafios mais duros destas oitavas de final. O Racing é um dos maiores clubes da Argentina, e vive um bom momento. Além disso, tem sido escalado pelo técnico Diego Cocca no 5-3-2, uma formação bastante cautelosa, e que deixa poucos espaços para as investidas adversárias. Exatamente o tipo de jogo que costuma criar dificuldades para o Time do Parque São Jorge, que em via de regra se sai melhor quando enfrenta equipes que jogam de forma mais franca.

Pensando em recuperar a moral do time depois de três derrotas nos últimos quatro jogos, o técnico Fábio Carille já anunciou que escalará o Corinthians com força máxima. No lado do Racing, dois desfalques são certos. Leandro Grimi e Ivan Pillud terão que cumprir suspensão, e serão substituídos por Lucas Orbán e Arévalo Ríos.

Por Redação AEC | Fonte: Agência Futebol Interior
Compartilhe no G+

GN OnLine

Os comentários não representam a opinião do GN Online; a responsabilidade é única e exclusivamente do autor do comentário.

0 comentários: