Preso acusado de matar motorista Sangonçalense em Feira de Santana


Um homem suspeito do assassinato de um motorista do Uber em Feira de Santana, foi preso por policiais da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos (DRFR), na madrugada desta terça-feira (26). O crime aconteceu no último dia 19, no bairro Aviário, quando Valdir Cerqueira de Almeida, 31 anos, foi esfaqueado.

O delegado André Ribeiro informou que Roberto de Souza Pinheiro, 27 anos, deu entrada no Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA), vítima de um acidente e não se identificou, levantando suspeita da polícia. Os policiais rodoviários que acompanharam o socorro prestado por uma ambulância da ViaBahia conseguiram tirar uma foto do suspeito e ajudou na localização de Roberto Pinheiro, natural de Osasco, no bairro Aviário.

“Após essas informações, os investigadores se dirigiram até o pátio da PRF e encontraram no interior do veículo apreendido, a arma branca do tipo faca, usada na execução do delito. Todas as Golfs (equipes) empreenderam diligências por todo bairro Aviário, conseguindo informações de onde o indivíduo estaria residindo, e no local, foi apresentada uma foto do indivíduo a pessoa que estava na residência e a mesma informou que tratava-se de Roberto de Souza Pinheiro e que o mesmo estaria de malas prontas para viajar para São Paulo”, relatou o delegado.

Ainda de acordo com André Ribeiro, o acusado estava no carro da vítima e sofreu o acidente durante a fuga. O veículo Agile, de placa JSY-0754, ficou apreendido no posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF), que percebeu a restrição de furto e roubo e comunicou à delegacia. Nesse intervalo, o suspeito conseguiu fugir do hospital, mas terminou sendo preso no início da tarde desta terça-feira (26). Segundo a polícia, ele estava com passagem comprada para São Paulo.

Após depoimento na delegacia, Roberto de Souza Pinheiro confessou o crime e responderá por latrocínio (roubo seguido de morte). Na delegacia, Roberto contou que cometeu o crime por ciúmes, após ver mensagens da mulher com o motorista através de um aplicativo de encontro. Disse ainda que pretendia dar um susto na vítima, mas acabou cometendo o crime. O delegado solicitou a prisão preventiva do acusado e foi atendido pela 3ª Vara Crime. O homem foi encaminhado para o Conjunto Penal de Feira de Santana.

Valdir Cerqueira de Almeida, de 31 anos, natural de São Gonçalo dos Campos, foi encontrado morto na tarde de terça-feira (19), na rua Mercante, bairro Aviário, em Feira de Santana. O reconhecimento do corpo ocorreu na manhã de hoje (21), quando familiares de Valdir, que já estavam à sua procura, compareceram ao necrotério do (DPT) Departamento de Polícia Técnica de Feira de Santana.

De acordo com a família, após o termino de seu relacionamento, Valdir foi morar em Lauro de Freiras, Salvador, e atualmente estava trabalhando como motorista de Uber. Depois de um certo tempo, mudou-se para Feira de Santana, na Gabriela, e ainda estava atuando na mesma profissão na Capital.

De acordo com a perícia, Valdir foi morto a golpes de faca no pescoço, tórax, braço esquerdo, mão e rosto. A polícia trabalha com a hipótese de latrocínio, pois as evidencias apontam que o motorista foi levado até um matagal próximo à BR-324, onde foi assassinado e teve o veículo Chevrolet Agile e documentos roubados. Até o fechamento dessa matéria, nenhuma informação sobre a descoberta do, ou dos autores foi divulgada.

Por Redação GN | Fonte: Central de Polícia FS
Compartilhe no G+

GN OnLine

Os comentários não representam a opinião do GN Online; a responsabilidade é única e exclusivamente do autor do comentário.

0 comentários: