Prefeita é presa na manhã desta quinta (7) acusada de envolvimento em morte de jornalista


A prefeita Roseli Ferreira Pimentel (PSB), da cidade de de Santa Luzia, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, foi presa na manhã desta quinta-feira (7), por suspeita de envolvimento na morte do jornalista Maurício Campos Rosa, do jornal O Grito. A prefeita vai passar pelo Instituto Médico Legal (IML) para exame de corpo de delito e depois será encaminhada ao presídio. Durante a operação outros três homens suspeitos foram presos, pelo crime ocorrido em 17 de agosto do ano passado.

Os presos foram encaminhados ao Departamento de Investigação de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), onde serão ouvidos. Roseli teve o mandato cassado cinco vezes e ainda estava no cargo por causa de liminar. Ela e o vice-prefeito, Fernando César (PRB) são acusados de captação ou gasto ilícito de recursos financeiros na campanha eleitoral. 

Por Redação GN | Fonte: Notícias Ao Minuto
Compartilhe no G+

GN OnLine

Os comentários não representam a opinião do GN Online; a responsabilidade é única e exclusivamente do autor do comentário.

0 comentários: