Pai diz que estuprava filha para compensar pensão alimentícia

Um homem de 35 anos foi preso em Boa Vista, nesta sexta-feira (15), suspeito de estuprar a filha de 14 anos. A delegada responsável pelo caso, Eliane Gonçalves, disse que o pai justificava os abusos como compensação pelo pagamento de pensão alimentícia a jovem. O suspeito nega o crime.

A mãe fez um boletim de ocorrência no dia 19 de abril denunciando os abusos. A adolescente, segundo a mãe, estava apática, triste e chorava com facilidade. De acordo com o G1, a investigação comprovou a violência sexual.

“Ele [pai] foi interrogado, inclusive na presença do advogado, e negou o estupro”, disse a delegada.

“A mãe mandava a filha receber a pensão na casa do pai junto com uma parente. Lá, ele pedia para a familiar sair para comprar alguma coisa. Nesse período de tempo, ele estuprava a filha. Ele dizia à filha que era para compensar a pensão alimentícia que pagava a ela”, afirmou delegada.

Por Redação GN | Fonte: Notícias Ao Minuto
Compartilhe no G+

Editor Chefe: GN OnLine

Os comentários não representam a opinião do Portal GN; a responsabilidade é única e exclusivamente do autor da mensagem.

0 comentários: