Moto tomada em assalto na última sexta (22) em São Gonçalo é recuperada pela PC


A motocicleta Honda Bros, placa PKL-4645, cor azul, licença de Feira da Santana tomada em assalto na manhã da última sexta-feira (22), na estrada vicinal do povoado do Jacaré, em São Gonçalo dos Campos, foi recuperada pela polícia na manhã de sábado (23), após moradores da localidade do Xavante, zona rural do município, informarem que o veículo foi achado em um barranco numa propriedade da região. Documentos e materiais de trabalho da vítima também foram recuperados.

Policiais Civis de São Gonçalo realizaram nesta sexta-feira (22) a segunda prisão em flagrante da semana no município. Nesta manhã, por volta das 11:30h, a equipe do (SI) Serviço de Investigação desta (DT) Delegacia Territorial, sob a titularidade do Dr. Eugênio Rocha, se deslocava pela rodovia BA-502 sentido centro do município, quando na entrada do povoado do Jacaré foram acionados por uma vítima de assalto que teve a moto da empresa em que trabalha roubada, além de aparelhos celulares, dinheiro e documentos.

Levado até a delegacia, a vítima informou que foi surpreendido por dois elementos que estavam armados e a pé na estrada de atalho pelo povoado. A polícia realizou diligencias na região até as proximidades do Tomba em Feira de Santana, e não obtendo êxito retornaram à delegacia, onde foi iniciado o rastreamento de um dos aparelhos. A polícia de imediato teve acesso a uma imagem do elemento que estava em posse do aparelho rastreado, pois ao tentar desbloqueá-lo, o dispositivo de segurança tirou um retrato de seu rosto e enviou para a nuvem.

Ainda de acordo com a polícia, que monitorava o rastreamento, os elementos circularam por toda a região do Magalhães, Corredor dos Ferreira, Xavante e Campelo, onde os policias fecharam o cerco e conseguiram prender Iuri dos Santos, o mesmo da foto.

Outro suspeito de nome Robenilson da Silva Ribeiro, o "Robi", morador do Campelo, ao perceber a aproximação da polícia evadiu-se pelo matagal. No momento da prisão, Iuri contou que comprou o celular por R$ 200 reais, oferecido por "Robi" e Marquinhos, este identificado como Marco Antônio Ribeiro de Oliveira. A polícia esteve na residência de cada um mais não foram encontrados. Suas identidades foram apreendidas.

O que Iuri não sabia foi que a polícia já tinha visto sua foto tirada automaticamente pelo aparelho e, para completar, foi reconhecido pela vítima na delegacia, que também identificou através da carteira de identidade seu comparsa Robi. Iuri foi flagranteado e transferido para o Conjunto Penal em Feira de Santana.

Por Redação GN | Fonte: São Gonçalo Agora
"
Compartilhe no G+

GN OnLine

Os comentários não representam a opinião do GN Online; a responsabilidade é única e exclusivamente do autor do comentário.

0 comentários: