Baleia jubarte é encontrada morta em praia de Salvador


Uma baleia jubarte de aproximadamente 13 metros de comprimento foi encontrada morta, na manhã desta sexta-feira (1º), na praia de Ondina, em Salvador. O animal era uma fêmea adulta e pesava mais de 20 toneladas.

De acordo com informações do Projeto Baleia Jubarte, entidade que monitora os mamíferos na Bahia, o corpo da baleia estava em estado avançado de decomposição, o que leva a crer que o animal morreu em alto mar e foi levado para a praia pela força do mar. A baleia ficou preso entre as pedras.

Conforme o projeto, uma equipe de veterinários foi deslocada ao local para fazer a necrópsia da baleia. O corpo do animal deve ser removido da praia. Segundo a entidade, a remoção é de responsabilidade da Prefeitura.

De acordo com o Projeto Baleia Jubarte, até esta sexta-feira, foram registrados 27 encalhes de baleias no litoral da Bahia. No Brasil, há o registro de 71 encalhes.

Temporada de reprodução

Conforme informações de especialistas, as baleias migram para o litoral baiano todos os anos para acasalar e dar à luz filhotes. A temporada de reprodução ocorre entre os meses de julho e outubro, no inverno. Os animais são atraídos para a região por conta das águas quentes, apesar da época do ano. As aparições são mais comuns no sul do estado.

Nessas regiões, é normal encontrar empresas de turismo especializadas no passeio de barco para observação de baleias. Durante os passeios, é possível ver como os mamíferos se comportam. Especialistas dizem que, embora sejam enormes, as baleias têm um excelente senso de localização e, dificilmente, se aproximam dos barcos porque conseguem perceber a presença da embarcação à distância.

Por Redação GN | Fonte: G1
Compartilhe no G+

GN OnLine

Os comentários não representam a opinião do GN Online; a responsabilidade é única e exclusivamente do autor do comentário.

0 comentários: