Ação conjunta da polícia termina com três suspeitos mortos em Santo Antonio de Jesus


Uma ação conjunta das Polícias Civil e Militar, na tarde desta quinta-feira (21), para desarticular uma quadrilha de traficantes com atuação na região de Santo Antônio de Jesus (a 190 Km de Salvador) acabou com três suspeitos mortos e várias armas de grosso calibre apreendidas. Uma submetralhadora de fabricação americana estava entre o armamento.

Segundo informações do comandante do 14o Batalhão da PM, tenente-coronel Irlando Oliveira, o bando, envolvido em tráfico de drogas, homicídios, roubos à pessoas e estabelecimentos comerciais,   estava no Conjunto Habitacional Cidade Nova II, no bairro Santa Terezinha.

Conforme a versão oficial, quando os policiais chegaram numa casa, que servia de esconderijo, foram recebidos a tiros e revidaram. “A operação foi desencadeada após planejamento subsidiado por investigação e atividade de inteligência, para prender elementos de alta periculosidade envolvidos em tráfico de drogas, homicídios, roubos à pessoas e estabelecimentos comerciais em Santo Antônio de Jesus”, informou o coronel.

Iago dos Santos e Santos, de 17 anos, morreu na troca de tiros com policiais. Na casa em que ele estava, foi encontrada uma submetralhadora MEC 11 de fabricação Norte Americana, uma calibre .40, sem numeração, com um carregador; uma pistola Belga 9mm, com um carregador municiado com oito cartuchos; dois carregadores de pistola calibre .40, sendo um municiado com dois cartuchos; além de um celular e uma pequena porção de maconha.

Numa área de mato localizada nos fundos do Conjunto Habitacional Cidade Nova II, três criminosos tentaram fugir do cerco policial atirando contra a guarnição da CIPE/Central. “Após cessar o confronto foi realizada uma busca no local, sendo encontrados dois indivíduos mortos.  Um foi identificado apenas pelo apelido de Eric Chinezinho, integrante da fação Bonde de SAJ”, relatou o tenente-coronel Irlando Oliveira. O segundo elemento não foi identificado. (Aratu Online)

No local, foram apreendidos  um revólver calibre 32, carregado com cinco cartuchos intactos e um estojo de cartucho deflagrado, e uma pistola calibre 7,65mm, com um carregador municiado com onze cartuchos. A Operação Integrada das Polícias Militar e Civil envolveu 28 policiais militares do 14º BPM, oito policiais militares da CIPE/Central e 15 policiais civis da 4ª Coordenadoria Regional da Polícia Civil (4a COORPIN), distribuídos em 12 viaturas.

Por Redação GN | Fonte: Forte No Recôncavo
Compartilhe no G+

GN OnLine

Os comentários não representam a opinião do GN Online; a responsabilidade é única e exclusivamente do autor do comentário.

0 comentários: