PSG cai no grupo do Bayern no sorteio da Liga dos Campeões


Reforçado pela maior contratação de todos os tempos, o Paris Saint-Germain vai botar o valor de Neymar à prova contra Bayern de Munique, Anderlecht, da Bélgica, e Celtic, da Escócia, no Grupo B da Liga dos Campeões, segundo ficou determinado em sorteio realizado pela Uefa nesta quinta-feira. Atual bicampeão e maior ganhador do torneio com 12 títulos, o Real Madrid ficou no H, ao lado de Borussia Dortmund, Tottenham Hotspur e APOEL, do Chipre. O Barcelona reencontra a Juventus no D, numa chance de revanche pela eliminação nas quartas de final da temporada passada depois da vitória na decisão de 2014/15, em Berlim. Na mesma chave, também estão Olympiacos, da Grécia, e Sporting, de Portugal.

A primeira rodada da fase de grupos está marcada para os dias 12 e 13 de setembro. A última ocorre nos dias 5 e 6 de dezembro. O sorteio das oitavas será logo depois, no dia 11. A decisão do título vai ser em Kiev, Ucrânia, em 26 de maio de 2018.

O técnico espanhol Unai Emery assumiu o favoritismo de PSG e Bayern no Grupo B e mostrou confiança em terminar na primeira colocação da chave.

- Estou muito feliz com o sorteio. Bayern é um time muito forte. Eles e nós seremos os dois favoritos. Mas os outros dois tentarão criar dificuldades. Celtic é muito perigoso em casa, assim como o Anderlecht, a quem respeitamos muito. Queremos terminar em primeiro no grupo - disse Unai ao site da Uefa.

No mesmo evento desta quinta, a Uefa anunciou os vencedores de seis prêmios da temporada passada: o melhor jogador da Europa (Cristiano Ronaldo), a melhor jogadora (Martens), e os melhores goleiro (Buffon), defensor (Sergio Ramos), meio-campista (Modric) e atacante (Cristiano Ronaldo) da última edição da Liga dos Campeões. Também entregou o prêmio presidencial da entidade para o italiano Francesco Totti, recém-aposentado, em maio.

A homenagem foi por tudo o que o italiano representou para o futebol e para a Roma, único clube que defendeu. O ex-camisa 10 giallorosso participou do sorteio ao lado do ucraniano Shevchenko, ex-centroavante de Milan, Chelsea e Dínamo de Kiev, atualmente técnico da seleção de seu país.

Por Redação AEC | Fonte: GloboEsporte.com
Compartilhe no G+

GN OnLine

Os comentários não representam a opinião do GN Online; a responsabilidade é única e exclusivamente do autor do comentário.

0 comentários: