Polícia prende tio e sobrinho acusados de executar taxista em Feira de Santana


Uma operação realizada na manhã desta quinta-feira (24), por policiais, prendeu dois homens acusados do assassinato do taxista Evanildo de Souza Ferreira, no dia 19 de junho, no bairro da Conceição, em Feira de Santana, a 115km de Salvador. Os acusados são tio e sobrinho e a polícia descobriu que o crime foi por motivo passional.

O coordenador regional de Polícia Civil, delegado Roberto Leal (foto) e o titular da DHPP, Gustavo Coutinho, participaram da operação que conseguiu prender os acusados. Segundo o delegado Coutinho, o crime foi cometido a mando de Marcos Mota de Jesus, 32 anos, que contratou o sobrinho John Wilian de Jesus Oliveira, 22, para emboscar e matar o taxista. O motivo, de acordo com o delegado, seria um relacionamento amoroso que o taxista  mantinha com uma adolescente de 16 anos, que também se relacionava com Marcos.

“Ele [Marcos] confessou que solicitou uma viagem ao taxista, sentou no banco da frente, e quando chegou ao local, John, que estava no banco de trás, disparou dois ou três tiros, e quando saiu do taxi efetuou mais um disparo. Este disparo transfixou a cabeça do taxista e atingiu a boca do tio. Marcos foi até socorrido para o hospital. Pelas circunstâncias, chegamos a desconfiar, a princípio, que se tratava de um latrocínio, mas depois chegamos à informação de que se tratava de crime passional”, revelou o delegado.

A polícia informou que durante as investigações as equipes da DHPP conseguiram localizar a adolescente, que confirmou os relacionamentos, e foi elucidado o crime. Com as informações, a polícia tentou prender John Wilian na semana passada, mas ele conseguiu fugir e na manhã de hoje (24/8) foi preso e apresentado no Complexo de Delegacias do Sobradinho.

Por Redação GN | Fonte: Aratu Online
Compartilhe no G+

GN OnLine

Os comentários não representam a opinião do GN Online; a responsabilidade é única e exclusivamente do autor do comentário.

0 comentários: