Moro decreta bloqueio de R$ 6 milhões do ex-deputado Vaccarezza


O juiz Sérgio Moro decretou o bloqueio de R$ 6 milhões do ex-deputado federal Cândido Vaccarezza (PTdoB), preso nesta sexta-feira (18), durante a 44ª fase da operação Lava Jato, batizada de "Abate". Ele também teve a prisão temporária decretada.

Segundo a força-tarefa, o ex-deputado recebeu pelo menos US$ 478 mil (R$ 1,51 milhão no câmbio atual) em espécie, segundo a Folhapress, por contratos da Petrobras com a Sargeant Marine, uma empresa norte-americana que produzia asfalto para a estatal.

De acordo com informações de O Globo, o bloqueio não significa que o ex-deputado guarda esses valores nas contas que mantém no Brasil. O Banco Central deve ser comunicado sobre a decisão de Moro e, então, sequestrar os valores das contas de Vaccareza, até chegar ao valor.

"Não importa se tais valores, nas contas bancárias, foram misturados com valores de procedência lícita. O sequestro e confisco podem atingir tais ativos até o montante dos ganhos ilícitos", diz o juiz.

Por Redação GN | Fonte: Notícias Ao Minuto
Compartilhe no G+

GN OnLine

Os comentários não representam a opinião do GN Online; a responsabilidade é única e exclusivamente do autor do comentário.

0 comentários: