Falsa médica é detida pela nona vez, mas não passa noite na cadeia


A falsa médica Renata Teresa Campos dos Santos foi presa, nesta quinta-feira (24), pela Polícia Civil do Distrito Federal. Desde 2011, essa é a nona vez que Renata é detida por exercício ilegal da medicina.

De acordo com o UOL, a mulher nunca chegou a passar nem uma noite na prisão. Ela foi liberada após assinar um Termo de Comparecimento, que a permite responder em liberdade.

Renata estava em casa quando a polícia chegou na sua residência, após receber denúncias de um casal que pagou R$ 10 mil para que a falsa médica realizasse um procedimento que permitisse à mulher engravidar. Os dois registraram um boletim de ocorrência contra Renata na 19ª DP, em Ceilândia.

A polícia civil apreendeu diversos equipamentos e medicamentos da clínica. Entre eles, um jaleco branco com o nome de Renata e a inscrição "biomédica". Investigações indicam que ela chegou a cursar até o quarto semestre de biomedicina, mas não concluiu a graduação.

Segundo uma denunciante, a falsa médica também se passava por dentista e chegava a atender pacientes como se fosse especialista em diversas áreas, inclusive no tratamento de câncer.

Renata tem 35 anos e sua primeira passagem pela polícia por exercício ilegal da medicina aconteceu em 2011.

Por Redação GN | Fonte: Notícias Ao Minuto
Compartilhe no G+

GN OnLine

Os comentários não representam a opinião do GN Online; a responsabilidade é única e exclusivamente do autor do comentário.

0 comentários: