Colombiano Reinaldo Rueda é oficializado como técnico do Flamengo


O Flamengo oficializou, no final da manhã desta segunda-feira (14), Reinaldo Rueda como o seu novo técnico. O treinador já havia acertado a sua ida para o clube na semana passada e até viajou a Belo Horizonte para acompanhar o jogo contra o Atlético Mineiro, no último domingo, no estádio Independência, onde viu das tribunas a equipe carioca ser derrotada por 2 a 0 pela primeira rodada do segundo turno do Brasileirão.

Apenas agora, porém, o colombiano de 60 anos foi oficializado pelo Flamengo, que também confirmou que a apresentação oficial do novo comandante ocorrerá nesta segunda à tarde, logo após o treino marcado para começar às 15 horas no Ninho do Urubu, como é conhecido o CT George Helal.

Ex-técnico do Atlético Nacional, Rueda conquistou apenas no ano passado a Copa Libertadores, a Copa da Colômbia e a Superliga Colombiana. Depois disso, ele ganhou neste ano os troféus da Recopa Sul-Americana e do Torneio Apertura do Campeonato Colombiano, no qual também faturou o Torneio Clausura em 2015.

Com Rueda chegam ao Flamengo os seus auxiliares Carlos Eduardo Velazco e Bernardo Redin, sendo que o treinador foi destacado pelo clube, na nota em que sua contratação foi oficializada, como o nome que "transformou o Atlético em uma máquina de vencer".

"Foram 143 jogos, com 82 vitórias, 37 empates e 24 derrotas. Seu time marcou 238 gols. No título da última temporada, o time terminou a campanha campeã sem perder nenhuma partida em casa", ressaltou o clube carioca.

O Flamengo ainda lembrou que o colombiano conseguiu também levar as seleções de Honduras e do Equador respectivamente às Copa do Mundo de 2010 e 2014. O clube não confirmou, porém, se o comandante vai fazer a sua estreia no clássico desta quarta-feira, contra o Botafogo, no Engenhão, pelo duelo de ida da semifinal da Copa do Brasil. O Fla também não informou o tempo de contrato assinado pelo treinador.

Rueda chegou para ocupar o lugar que ficou vago após a demissão do técnico Zé Ricardo, que não resistiu no cargo após a derrota por 2 a 0 para o Vitória, no último dia 6, no Rio, pela última rodada do primeiro turno do Campeonato Brasileiro. Depois disso, o time foi comandado pelo interino Jayme de Almeida na goleada por 5 a 2 sobre o Palestino, do Chile, em casa, pela Copa Sul-Americana, e depois na derrota para o Atlético-MG no último domingo.

Por Redação AEC | Fonte: Agência Estado
Compartilhe no G+

GN OnLine

Os comentários não representam a opinião do GN Online; a responsabilidade é única e exclusivamente do autor do comentário.

0 comentários: