Sul-Americana: Flu, Ponte e Timão vencem e avançam às oitavas; Sport busca vaga nesta quinta (27)



Os times brasileiros tiveram noite de alegrias pela Copa Sul-Americana. Depois da Chapecoense, que se classificou nesta terça-feira (25), Corinthians, Ponte Preta e Fluminense avançaram para as oitavas de final nesta quarta (26).

Em Itaquera, o Corinthians precisava da vitória ou do empate sem gols, já que vinha de um empate por 1 a 1 no jogo de ida. Balbuena e Pedrinho marcaram no 2 a 0 conquistado pelo time de Fábio Carrile contra os colombianos do Patriotas.

Nas oitavas de final, o Timão enfrenta Racing ou Independiente Medellín. Os argentinos venceram a partida de ida por 3 a 1 e decide a classificação nesta quinta-feira, na Colômbia.

                      

A Ponte Preta já tinha vencido em casa por 1 a 0 e voltou a derrotar o Sol de América, dessa vez por 3 a 1, no Luis Alfonso Giagni, em Vila Elisa.

Nas oitavas de final, o time de Campinas enfrenta o vencedor do confronto entre Sport e Arsenal de Sarandí.

                      

Outro time que já entrou em campo em vantagem, mas voltou a vencer, foi o Fluminense. No jogo de ida, o Tricolor Carioca atropelou a Universidad de Quito com goleada por 4 a 0. O Flu poderia até perder, mas venceu por 2 a 1 e enfrenta Bolivar ou LDU na próxima fase.

                       

Na única partida sem brasileiros na noite de quarta, o Cerro Porteño, que já tinha vencido o Boston River na partida de ida, aplicou 4 a 1 na casa do adversário e avançou para enfrentar Deportivo Cali ou Junior Barranquilla.

SPORT EM CAMPO
O Sport volta a campo nesta quinta-feira, às 19h15, pelo jogo de volta da segunda fase da Copa Sul-Americana. Diante do Arsenal (ARG), no estádio Julio Grondona, em Sarandí, na Argentina, o clube pernambucano não quer repetir o mesmo erro da fase anterior, quando venceu o Danubio em casa por 3 a 0 e depois sofreu o mesmo resultado fora, precisando de cobranças de pênaltis para avançar.


A situação é parecida. No primeiro jogo, realizado na Ilha do Retiro, o time de Vanderlei Luxemburgo ganhou por 2 a 0 e, por isso, pode até perder por um gol de diferença para avançar às oitavas de final. Se o placar se repetir, mas à favor dos argentinos, então a decisão será em chutes de penalidades.

FORÇA MÁXIMA
O treinador do Sport garante que a forma como o time se classificou na última vez não vai influenciar no rendimento dos jogadores. A aflição, aliás, é compartilhada por boa parte do elenco, que prega que mesmo com a vantagem, o espírito desde o minuto inicial tem que ser o mesmo do jogo na Ilha do Retiro.

"Não adianta vim só para se defender que não dá certo. A gente veio para jogar, não estamos pensando em empatar ou perder por 1x0”, disse o meia Rithely.

Sem mistérios, Vanderlei Luxemburgo confirmou que vai repetir a escalação do último jogo. O goleiro Magrão, recuperado de uma lesão muscular na panturrilha esquerda, treinou normalmente e foi relacionado.

QUERENDO COMPLICAR
Já o Arsenal (ARG) vem animado por ter se livrado do rebaixamento no Campeonato Argentino. De quebra, o time de Humberto Grondona se reforçou com o zagueiro Facundo Cardozo e com o meia Ivan Bella.

"Estamos bem. Tenho muita esperança de que vamos ganhar nesta quinta-feira. Vamos criar muitas dificuldades para os rivais e o elenco está bem", avaliou o treinador.

Por Redação AEC | Fonte: Agência Futebol Interior / Vídeos: YouTube
Compartilhe no G+

GN OnLine

Os comentários não representam a opinião do GN Online; a responsabilidade é única e exclusivamente do autor do comentário.

0 comentários: