Série A: Grêmio diminui diferença pro Corinthians; Ponte e SP se recuperam; 3 jogos encerram a rodada nesta quinta (20)


Sete jogos abriram a 15ª rodada do Campeonato Brasileiro na noite desta quarta-feira (19). Na briga pela liderança, o Grêmio conseguiu diminuir a distância para o Corinthians para seis pontos, enquanto o Santos se aproximou. Ponte Preta e São Paulo acabaram com nona sequência sem vencer e se reabilitaram na competição.

Na Ressacada, o líder Corinthians não passou de um empate sem gols com o Avaí e chegou a 37 pontos. O adversário, com 14 pontos, é o 18º colocado com dois pontos a menos o que o Atlético-PR, primeiro fora da zona da degola e que só joga na quinta-feira.

               

O tropeço corintiano foi bom para o Grêmio, que bateu o Vitória por 3 a 1 em pleno Barradão, em Salvador, e chegou a 31 pontos. Fernandinho, Arthur e Ramiro marcaram para o Tricolor Gaúcho e David fez o único gol do time baiano, que está em penúltimo com 12 pontos.

                

PEIXE DE OLHO NA LIDERANÇA
Quem se aproximou dos primeiros colocados foi o Santos. Com um gol de Vecchio, o Peixe bateu a Chapecoense por 1 a 0 na Vila Belmiro e atingiu a marca de 27 pontos, na terceira colocação. A Chape, com 18, está em 15º.

                


Em um dos grandes jogos da noite, Flamengo e Palmeiras ficaram no empate por 2 a 2 no Luso-Brasileiro. Pará e Guerrero marcaram para o time da casa, enquanto Willian e Róger Guedes empataram para o Verdão. O Rubro-Negro só não venceu porque Jailson defendeu pênalti de Diego no segundo tempo. O Fla está em quarto com 25 pontos, e o Palmeiras é o quinto com 23.

               

PONTE E SÃO PAULO EM RECUPERAÇÃO
Depois de cinco rodadas sem vencer, a Ponte Preta se reabilitou em grande estilo. Emerson Sheik comandou a goleada por 4 a 0 sobre o Coritiba, no Moisés Lucarelli, em Campinas, com dois gols. Léo Artur e Lucca fecharam a goleada que levou a Macaca a 18 pontos, na 14ª posição. O Coxa, com um ponto a mais, é o 13º.

             

Outro time que vinha de longa sequência sem vencer é o São Paulo. Após nove partidas, o Tricolor voltou a conquistar uma vitória e bateu o Vasco por 1 a 0, com gol de Pratto, no Morumbi. A vitóra levou o time de Dorival Júnior aos 15 pontos, ainda na 17ª posição, dentro da zona do rebaixamento.

               

Por outro lado, o Atlético-MG não consegue se encontrar. O Galo recebeu o Bahia no Independência, mas foi derrotado por 2 a 0 com dois gols de Juninho. Com 20 pontos, o Galo é o 11º colocado, um ponto a mais do que o próprio Bahia, que está em 12º.

               

A RODADA CONTINUA NESTA QUINTA
O Fluminense aposta na sequência que vai ter em casa para entrar de vez na briga por uma vaga na Copa Libertadores de 2018. E o primeiro desafio será nesta quinta-feira (20), quando recebe o Cruzeiro, às 19h30, no Estádio Giulite Coutinho, em Mesquita, pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Animado com a vitória fora de casa sobre o Coritiba, por 2 a 1, o Tricolor das Laranjeiras tem 20 pontos e está na zona intermediária da tabela. Depois do Cruzeiro, o Flu vai receber o Corinthians, no Maracanã, no próximo domingo. A partida desta quinta é um confronto direto, já que a Raposa tem um ponto a mais e defende uma invencibilidade de três jogos.


ARTILHEIRO SEGUE DE FORA?
O técnico Abel Braga ainda não sabe se vai poder contar com Henrique Dourado para o jogo desta quinta-feira. Artilheiro do Brasileirão com nove gols ao lado de Jô, do Corinthians, o atacante não participou da atividade fechada comandada por Abel Braga. 

Dourado não se recuperou totalmente de uma lesão muscular na coxa e vem apenas fazendo trabalhos na academia nos últimos dias. Se ele seguir de fora, Pedro deve continuar sendo o companheiro de Richarlison no setor ofensivo.

NOVIDADE NO ATAQUE CRUZEIRENSE
A escalação de Sassá no ataque deve ser a principal novidade do Cruzeiro para o jogo com o Fluminense. Titular do ataque do Cruzeiro, Rafael Sobis está suspenso para o duelo. Mano evitou confirmar a escalação, mas indicou que o ex-botafoguense, após marcar um gol no empate com o Flamengo, no fim de semana, é o favorito para assumir a vaga.

Outra mudança realizada pelo treinador será no meio-campo. O volante Henrique cumpriu suspensão automática diante do Flamengo e retorna ao time titular.

LEÃO TAMBÉM QUER BATER EM DRAGÃO
A derrota por 2 a 1 na última segunda-feira tirou o Sport do G6 do Campeonato Brasileiro. Mas o time não quer ficar muito tempo distante da zona de classificação à Libertadores da próxima temporada. Nesta quinta-feira, às 20 horas, o time de Vanderlei Luxemburgo recebe o Atlético-GO na Ilha do Retiro, em Recife (PE), pela 15ª rodada. O adversário, por outro lado, vem de sete jogos sem vencer.


A última vez que o Atlético-GO comemorou os três pontos na competição aconteceu na sétima rodada, quando bateu o Avaí por 3 a 1 dentro do estádio Olímpico. De lá pra cá perdeu cinco jogos e empatou apenas dois, o que lhe mantém na lanterna, com apenas oito pontos. Do outro lado da tabela, o Sport aparece com 21 pontos ganhos.

QUEM JOGA NO LEÃO?
Na terça pela manhã, o Sport treinou com os atletas não-relacionados. Grupo que conta com o zagueiro Ronaldo Alves, que cumpriu suspensão nesta rodada, mas volta a ficar à disposição do técnico Vanderlei Luxemburgo. Os atletas Magrão e Osvaldo seguem em tratamento intensivo no Departamento Médico do Leão.

MUDANÇAS NO ATLÉTICO
Depois de falhar em três jogos consecutivos, contra Atlético-MG, São Paulo e Vitória, o goleiro Felipe Garcia caiu nas críticas da torcida. E o técnico Doriva ouviu. Por isso vai entrar com Kléver debaixo das traves. Titular na campanha que culminou com o titulo da Série B de 2016, o goleiro perdeu a posição logo na primeira rodada do Brasileirão, na derrota por 4 a 1 para o Coritiba, e desde então amargou a reserva.

Outra mudança deve ser a entrada do lateral esquerdo Breno Lopes no lugar de Bruno Pacheco, que está automaticamente suspenso. Ele recebeu o terceiro cartão amarelo na derrota por 2 a 1 contra o Atlético-MG. Na frente, Everaldo e Júnior Viçosa foram negociados nesta janela de transferência e não fazem mais parte do grupo. Com isso, Niltinho e Walter seguem como titulares na posição.

FOGÃO DECIDE FUTURO
O Botafogo tem que botar a crise de lado para seguir brigando pelo G6 do Campeonato Brasileiro. Depois de perder o meia Camilo, o time tenta juntar os cacos para enfrentar o Atlético-PR dentro da Arena da Baixada, em Curitiba, nesta quinta-feira, pela 15ª rodada. O clima na capital paranaense promete ser de 9º graus assim que a bola rolar, às 21 horas.


Com uma vitória suada contra o Sport na última segunda-feira, o Botafogo subiu para a sexta posição e quer brigar para continuar na zona de classificação à Libertadores da próxima temporada. Com 22 pontos, o time está a quatro jogos sem perder, enquanto o Atlético-PR está a quatro sem ganhar, com apenas 16. O Avaí, primeiro na zona de rebaixamento, aparece com 13 pontos.

ESTREIA NO ATLÉTICO?
A partida marcará a estreia do técnico Fabiano Soares no banco de reservas do Atlético-PR. Na última terça-feira, o treinador teve seu contrato publicado no BID da Confederação Brasileira de Futebol e poderá comandar a equipe atleticana à beira do gramado.

Para enfrentar o Botafogo, o treinador terá o zagueiro Thiago Heleno novamente à disposição. Em entrevista coletiva nesta quarta-feira, Fabiano não confirmou a equipe titular. “Nikão e Thiago estão à disposição. O Botafogo é uma grande equipe e complicada. Tenho a escalação clara, mas prefiro esperar para divulgar e conversar antes com os jogadores”, revela.

TROCAS NO BOTAFOGO
O técnico Jair Ventura deixou uma dúvida no ar na coletiva de imprensa antes de embarcar com o Botafogo para o Paraná. Quando questionado se ele pensou em poupar o time titular de um jogo desgastante fora de casa, o treinador não hesitou: "Temos um planejamento a ser seguido. Tem horas que precisamos correr alguns riscos. Pode acontecer de poupar alguns jogadores, sim. Não está descartada essa situação", comentou na sala de imprensa.

Arnaldo é o primeiro desfalque certo do Botafogo. O lateral sofreu uma lesão no músculo posterior da coxa e está vetado pelos médicos. Por outro lado, Bruno Silva e Victor Luis voltam a ficar a disposição de Jair e retomam suas vagas no time titular, no lugar de Marcos Vinícius e Gilson, respectivamente. Sem Camilo, é provável que Leandrinho e Guilherme passem a ganhar mais oportunidades no segundo tempo.

Por Redação AEC | Fonte: Agência Futebol Interior / Vídeos: YouTube
Compartilhe no G+

GN OnLine

Os comentários não representam a opinião do GN Online; a responsabilidade é única e exclusivamente do autor do comentário.

0 comentários: