Série A: Com Timão disparado, Grêmio cai e Santos sobe; Coxa vai para cima do Sport para voltar a vencer


O Corinthians está disparado na liderança do Campeonato Brasileiro com 32 pontos, nove na frente do Flamengo, com 23. O Grêmio, perdeu pela terceira vez seguida, e caiu para terceiro lugar, enquanto o Santos chegou ao quarto lugar após a vitória no clássico sobre o São Paulo, por 3 a 2, na Vila Belmiro. Esta 12.ª rodada teve ainda cinco pênaltis assinalados e quatro defendidos pelos goleiros.

GREMIO É SURPREENDIDO
O Tricolor gaúcho sofreu sua terceira derrota seguida. Desta vez em casa e diante do ameaçado Avaí, por 2 a 0.

Com isso, o Grêmio caiu para terceiro lugar, com 22 pontos, enquanto o time catarinense continua na zona de degola, agora com 12 pontos, em 18.º lugar.

                

PEIXE SOBE
Aproveitando a má fase do são Paulo, o Santos não perdeu a chance de vencer o clássico San-São, por 3 a 2, na Vila Belmiro. Até abriu 3 a 0 com gols de Copete – artilheiro Hat-Trick da rodada.

O Peixão já aprece em quarto lugar, com 21 pontos, empurrando o rival Tricolor paulista para a vice-lanterna, com apenas 11 pontos.

                

PALMEIRAS PERDE EM MINAS
Noutro duelo entre dois rivais, o Palmeiras foi até o Mineirão e não suportou o bom desempenho do Cruzeiro, que fez 3 a 1 com relativa facilidade. A vitória empurrou a raposa para a sexta posição, com 17 pontos.


O Palmeiras continua com 19 pontos, em queda, em quinto lugar. Esta história de poupar tantos jogadores já mostrou que não funciona. Nem é racional, afinal não se pode admitir que seis ou sete jogadores estão para ‘estourar’ ao mesmo tempo. Conversa mole.

               

BAHIA EMPURRA RIVAL
Em Salvador, o Bahia suou para empatar com o Fluminense, por 1 a 1, e ainda não se distanciou da zona de degola, mas ficou em 16.º lugar, com 12 pontos. Empurrou o Vitória para baixo pelo saldo de gols menos ruim: -1 a -5.

O Fluminense começou a jogo sabendo que o lateral Léo – antes Léo Pelé – está sendo negociado com o futebol italiano. Ele nem foi escalado por Abel Braga. O Tricolor das Laranjeiras mantém campanha regular, com 17 pontos, em sétimo lugar.

               

CHAPE PONTUA COM EUTRÓPIO
Na estreia parcial do técnico Vinícius Eutrópio, a Chapecoense empatou por 1 a 1 com o Atlético-PR. O substituto de Vagner Mancini estava suspenso por uma expulsão no Santa Cruz, pela Série B, mas já mudou a cara do time catarinense. A diretoria busca reforços.

O resultado foi justo e deixou os dois times com os mesmos 15 pontos, com campanha regular, mas nem tanto confortável em relação ao rebaixamento.

             

GALO VACILOU NO ENGENHÃO
Mesmo tendo dominado as ações em campo, o Atlético Mineiro não venceu o Botafogo, dentro do Engenhão. Primeiro porque perdeu muitos gols e teve em Jeferson, um adversário quase insuperável. Ele fez quatro grandes defesas, inclusive um pênalti.

No finalzinho, o Botafogo empatou o jogo, num castigo ao Galo, que fica com 17 pontos, em oitavo, um ponto a menos (16 pontos) aparece o próprio Botafogo, que está se superando.

             

PÊNALTIS PERDIDOS
No sábado, Cássio, do Timão, defendeu a cobrança de Lucca, da Ponte Preta. Douglas, do Avaí, pegou a cobrança de Edilson, do Grêmio; Lucas Pratto acertou a trave na batida diante do Santos.

Jeferson, que voltou ao Botafogo-RJ após um ano e meio, pegou cobrança de Rafael Moura e, por fim, Roger, do Botafogo, chutou e Victor rebateu, mas o atacante botafoguense pegou o rebote e deu o empate diante do Galo Mineiro.

OS AMEAÇADOS
Neste momento, estariam rebaixados para a Série B o Atlético-GO, com sete pontos, São Paulo (11), Avaí (12)e Vitória (12 pontos). A 13.ª rodada vai ser toda disputada no meio de semana.


Para fechar a 12ª rodada do Campeonato Brasileiro, Coritiba e Sport se enfrentam na segunda-feira, às 20 horas, no Couto Pereira. O time da casa começou bem na competição, mas já está sem vencer há seis jogos e precisa se recuperar.

A última vitória do Coxa foi na quinta rodada, quando bateu o Palmeiras por 1 a 0. Desde então, os comandados de Pachequinho empataram com o Botafogo, por 2 a 2, com Bahia e Corinthians, ambos por 0 a 0, perdeu para Grêmio Cruzeiro por 2 a 0, e empatou com o Vasco por 2 a 2. O time paranaense, com 16 pontos, ocupa a nona posição.

O Sport está em 15º com apenas um ponto a menos do que o adversário dessa segunda-feira, mas vem embalado por duas vitórias seguidas nas últimas rodadas. O Leão bateu o Santos, em plena Vila Belmiro, por 1 a 0, e o Atlético-PR, na Ilha do Retiro, pelo mesmo placar.

MUDANÇAS NO COXA
O técnico Pachequinho tem problemas para armar o meio de campo. O volante Jonas está suspenso e Alan Santos machucado. Com isso, Anderson deve começar como titular nesta segunda-feira (10).

Outra dúvida é o lateral-direito Léo, que se recupera fisicamente e deve ser substituído por Dodô ou Rodrigo Ramos. O restante do time é o mesmo que vem atuando nas últimas partidas e o treinador afirmou que a equipe precisa manter a formação o máximo possível para ganhar ainda mais entrosamento.

LUXA TEM DÚVIDAS
No Sport, a dúvida de Vanderlei Luxemburgo é o volante Patrick, que deixou o jogo contra o Arsenal de Sarandí, pela Copa Sul-Americana, com dores no tornozelo esquerdo. O jogador viaja com a equipe para Curitiba, mas será reavaliado antes da partida. Rodrigo, Thallyson e Fabrício são opções para o setor.

Outro desfalque é o atacante Lenis, que sofre com dores musculares na coxa direta e nem atuou no meio de semana. Por outro lado, os atacantes Thomás e Juninho voltaram a treinar e podem ser relacionados.

Por Redação AEC | Fonte: Agência Futebol Interior
Compartilhe no G+

GN OnLine

Os comentários não representam a opinião do GN Online; a responsabilidade é única e exclusivamente do autor do comentário.

0 comentários: