Jorginho é demitido do comando técnico do Bahia


O Bahia anunciou nesta segunda-feira (31) a demissão do técnico Jorginho do comando da equipe. A divulgação da saída do treinador ocorre logo após o Tricolor de Aço completar cinco jogos sem vitória atuando em casa, após a derrota de 3 a 1 para o Sport. Além do comandante, auxiliar Luis Carlos Quintanilha e o preparador físico Joelton Urtiga também foram desligados do clube.

A passagem de Jorginho à frente do Bahia teve início em junho, substituindo o técnico Guto Ferreira, que deixou o clube e foi para o Internacional. Ao todo, foram apenas 14 jogos no comando sendo quatro vitórias, quatro empates e seis derrotas, resultando num fraco aproveitamento de 38,1%.

Logo após a derrota sofrida diante do rival nordestino no último domingo, o técnico Jorginho se mostrou bastante desconfortável ao ser questionado sobre as diferenças de resultados de seu trabalho em relação ao do treinador anterior.

“Não sou igual ao Guto. As condições de jogo são completamente diferentes. Não é Copa do Nordeste, não é Campeonato Baiano. É a Série A do Campeonato Brasileiro. Sou um treinador diferente do Guto, e o Guto não está mais aqui”, declarou.

Na 14ª colocação, o Bahia soma 19 pontos, dois a mais que o Atlético Paranaense, que abre a zona da rebaixamento. Na próxima quarta-feira, o Tricolor de Aço encara o Chapecoense, na Arena Condá. Nesta partida, a equipe será comandada pelo auxiliar Preto Casagrande.

O auxiliar Preto Casagrande comandará a equipe de maneira interina no jogo desta quarta-feira (2), contra a Chapecoense, em Santa Catarina. Após a derrota por 3x1 para o Sport-PE em plena Fonte Nova, a torcida do Bahia clamou pela saída do treinador ao coro de "Fora Jorginho" nas arquibancadas.

Por Redação AEC | Fonte: Gazeta Esportiva e Blog Futebol Bahiano
Compartilhe no G+

GN OnLine

Os comentários não representam a opinião do GN Online; a responsabilidade é única e exclusivamente do autor do comentário.

0 comentários: