Assistente do erro de impedimento contra Corinthians é afastado


A Comissão Nacional de Arbitragem da Confederação Brasileira de Futebol decidiu afastar o assistente Pablo Almeida da Costa (MG), responsável pelo erro que acabou anulando o gol do Corinthians na partida diante do Flamengo, no último domingo. Segundo o Presidente da Comissão de Arbitragem, Coronel Marinho, o erro cometido aos 12 minutos de partida é inaceitável.

“Existem lances que ocorrem por centímetros. Nestes casos, os erros acabam sando perdoados. Mas, o de ontem (Corinthians x Flamengo) foge dos padrões do que é aceitável no nível de Série A. Por este motivo, afastamos o assistente para a realização de um trabalho de retreinamento, além de preservá-lo depois daquele erro”, declarou em entrevista à Espn.

No lance, o atacante Jô recebeu o passe de Maycon claramente atrás da linha da bola e empurrou para as redes. Porém, o bandeira assinou o impedimento do centroavante anulando o que seria o primeiro gol da partida, que terminou empatada em 1 a 1.


Ainda segundo Marinho, o erro de ontem aconteceu porque o assistente acabou se perdendo no lance. “O auxiliar precisa fazer uma espécia de fotografia no lance, porém muitas vezes ele se perde. No momento em que ele vê o Jô na frente, foi o momento em que ele marcou. Ele acabou não vendo o lance como um todo. Só vendo o resultado final fez com que ele se precipitasse”, explicou.

Por Redação AEC | Fonte: Gazeta Esportiva
Compartilhe no G+

GN OnLine

Os comentários não representam a opinião do GN Online; a responsabilidade é única e exclusivamente do autor do comentário.

0 comentários: