Baiana que tentava chegar ao Alasca de bicicleta morre após ser atropelada em Natal


Uma jovem, de 24 anos, que morreu enquanto tentava atravessar o continente americano para chegar ao Alasca, nos Estados Unidos, no último sábado (17), será velada nesta quarta-feira (21), no Jardim da Saudade, em Campinas de Brotas, em Salvador, e cremada nesta quinta (22).

A jovem Alexia Suelen Van Pettens era estudante de Psicologia da Universidade Federal da Bahia (Ufba), e saiu em excursão com amigos para o Alasca. Ela foi atropelada por uma moto na ciclovia da ponte Newton Navarro, em Natal, no Rio Grande do Norte. Alexia ainda chegou a ser internada no Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel, mas faleceu por morte cerebral.

O grupo que seguia com a jovem para o Alasca explicou em uma postagem no Facebook como aconteceu o acidente. Segundo eles, o grupo estava descendo em fila pela ciclofaixa da ponte, quando um motociclista, ao fugir de um radar, invadiu a pista exclusiva dos ciclistas, e atropelou a estudante. "As câmeras não pegaram, as testemunhas não quiseram falar oficialmente, mas nada disso mais importa. Os pais perdoaram, nós perdoamos e com certeza Alexia com toda sua espiritualidade já deve ter perdoado de um outro lugar", disse a mensagem.

O grupo veio de Natal a Salvador pedalando por 22 horas para acompanhar as homenagens à jovem em seu enterro. "Se já era claro para nossa missão as razões que moviam nossas bicicletas, hoje conseguimos sintetizar em apenas uma palavra: Alexia!", ressaltou no Facebook a Totipah.

Por Redação GN | Fonte: Agências
Compartilhe no G+

GN OnLine

Os comentários não representam a opinião do GN Online; a responsabilidade é única e exclusivamente do autor do comentário.

0 comentários: