Sul-Americana: Sport se classifica, São Paulo é eliminado; agora são 11 classificados


Um dos sete pecados capitais quase foi o responsável pela eliminação do Sport na Copa Sul-Americana: a soberba. Após vencer o Danubio-URU por 3 a 0 em Recife, o time pernambucano poupou alguns titulares e foi derrotado pelo mesmo placar no Estádio Centenário. Nos pênaltis, porém, brilhou a estrela de Magrão, que com duas defesas garantiu a vitória rubronegra por 4 a 2.

Com o placar elástico no primeiro jogo, Ney Franco optou por poupar o lateral Samuel Xavier, o volante Rithely e o atacante Juninho já pensando na estreia do Campeonato Brasileiro, contra a Ponte Preta, às 16 horas desde domingo, no Estádio Moisés Lucarell, em Campinas.

O adversário do Sport na segunda fase da Copa Sul-Americana será conhecido após um sorteio realizado pela Conmebol, ainda sem data marcada.

                  

TRÊS ELIMINAÇÕES EM TRÊS SEMANAS
Depois das eliminações precoces no Paulistão Itaipava e na Copa do Brasil, o São Paulo passou pelo seu terceiro vexame consecutivo na temporada nesta quinta-feira (11). Em pleno Morumbi, na capital paulista, o time de Rogério Ceni empatou por 1 a 1 com o Defensa y Justicia e acabou eliminado na primeira fase da Copa Sul-Americana.


O time argentino conseguiu avançar graças ao gol marcado fora de casa. No jogo de ida, o clube brasileiro empatou por 0 a 0.

Agora, resta ao São Paulo apenas o Brasileirão para a sequência do ano. São três eliminações em menos de quatro meses do início da temporada de 2017.

                   

AGORA SÃO 11 CLASSIFICADOS
Além do Sport Recife, mais dois classificados foram definidos nesta quinta-feira. Em Caracas, na capital da Venezuela, o Cerro Porteño derrotou o Caracas por 2 a 1 e avançou depois de ter empatado na ida, em Assunção, no Paraguai, por 1 a 1. Na Argentina, o Arsenal goleou o Juan Aurich, do Peru, por 6 a 1 e confirmou a vaga depois da vitória na ida por 2 a 0.

Assim, Sport, Cerro Porteño e Arsenal se juntam a mais oito clubes que já passaram para a segunda fase. São eles: Corinthians, Fluminense, Ponte Preta, Defensa y Justicia, Nacional (Bolívia), Deportivo Cali (Colômbia), Nacional (Paraguai) e Palestino (Chile).

Os outros 11 confrontos serão definidos nas próximas três semanas. Aos 22 classificados desta primeira fase se juntarão o Olimpia, do Paraguai, e o Junior Barranquila, da Colômbia, por terem sido os melhores eliminados da terceira fase da Copa Libertadores e os oito times que forem terceiros de seus grupos na principal competição do continente.

Por Redação AEC | Fonte: AFI e AE / Vídeos: YouTube
Compartilhe no G+

GN OnLine

Os comentários não representam a opinião do GN Online; a responsabilidade é única e exclusivamente do autor do comentário.

0 comentários: