Sul-Americana: Ponte passa na raça; Corinthians, Cruzeiro e Fluminense têm vantagem para confirmar vaga


Foi sofrido, mas a Ponte Preta carimbou a sua vaga na Segunda Fase da Copa Sul-Americana ao segurar um empate por 1 a 1 diante do Gimnasia y Esgrima, em duelo disputado na noite desta terça-feira (9), na Argentina. A classificação foi um alento após a perda do título paulista, no final de semana, para o Corinthians.

A Ponte Preta só avançou pelo gol marcado fora de casa, uma vez que em Campinas ficou no 0 a 0, e graças ao goleiro Aranha, principal destaque do time na partida desta terça-feira. O ex-jogador de Santos e Palmeiras fez ao menos três defesas milagrosas, selando a classificação da Macaca.

                

TEM MAIS..
Mais dois jogos agitaram a rodada nesta terça-feira. O Sport Huancayo fez 2 a 1 no Nacional Potosí, no Estádio Huancayo, mas não foi o suficiente para selar sua vaga, já que a equipe boliviana venceu, em casa, por 3 a 1.

No Paraguai, o Sportivo Luqueño sentiu o gostinho da classificação por boa parte da partida, quando vencia o Deportivo Cali por 2 a 0. No entanto, sofreu um gol no final, que acabou classificando o rival para a próxima fase.

MAIS BRASILEIROS
Três brasileiros entram em campo nesta quarta-feira (10) pelo jogo de volta da Primeira Fase da Copa Sul-Americana. Corinthians, Cruzeiro e Fluminense fizeram o dever de casa diante de suas torcidas e, agora, jogam pelo empate para garantirem a classificação para a segunda fase.


Corinthians e Fluminense possuem as situações mais confortáveis. O alvinegro venceu a Universidad de Chile em São Paulo, por 2 a 0, e pode perder até por um gol de diferença no estádio Nacional, às 21h45, para se classificar. A decisão só vai para os pênaltis caso os chilenos devolvam o resultado da primeira partida. Um gol do Corinthians obriga a Universidad do Chile a marcar quatro vezes.

Assim como o Corinthians, o Fluminense também venceu o Liverpool, do Uruguai, por 2 a 0 e tem a mesma vantagem para a partida de volta que acontece no estádio Centenário, às 21h45. O técnico Abel Braga aposta na velocidade do ataque formado por Henrique Dourado e Richarlison para buscar a classificação.

Já o Cruzeiro venceu, mas foi mais sofrido. No Mineirão, a Raposa derrotou o Nacional, do Paraguai, por 2 a 1 e, caso seja derrotado no jogo que começa às 19h15 no estádio Arsenio Erico pelo placar mínimo, estará eliminado. Para os comandados de Mano Menezes, basta um empate para avançar de fase.

O único confronto que não tem brasileiros nesta quarta será entre Atlético Venezuela e Palestino, que se enfrentam no estádio Brigido Iriarte, às 19h15. No jogo de ida, no Chile, o time venezuelano venceu por 1 a 0 e joga pelo empate para se classificar.

Por Redação AEC | Fonte: Agência Futebol Interior
Compartilhe no G+

GN OnLine

Os comentários não representam a opinião do GN Online; a responsabilidade é única e exclusivamente do autor do comentário.

0 comentários: