Megaoperação recupera 39 carros roubados ou adulterados no oeste da BA


Uma megaoperação envolvendo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a Polícia Civil e a Polícia Militar do Estado Bahia nesta sexta-feira (12) resultou na recuperação de 39 carros roubados ou adulterados no oeste da Bahia. A Operação Temática de Combate às Fraudes Veiculares (OTEVEIC) ocorreu nos municípios de Santa maria da Vitória, São Félix do Coribe, Cocos, Coribe, Jaborandi, Santana, Tabocas do Brejo Velho e Correntina.

Segundo a PRF, os agentes recuperaram 13 veículos roubados e outros 26 com os elementos de identificação adulterados. Os carros serão submetidos a perícia e após a identificação do veículo original serão restituídos aos seus verdadeiros proprietários.

Nove Certificados de Registro e Licenciamento de Veículos (CRLV) falsos ou falsificados e três veículos com irregularidades na documentação também foram apreendidos, além de um tacógrafo e um motor roubados que também foram encontrados durante as incursões das equipes.

Ao todo, 15 pessoas foram detidas e encaminhadas para a Delegacia de Polícia Civil de Santa Maria da Vitória, sendo 10 autuadas em flagrante, a maioria pelos crimes de receptação e/ou uso de documento falso.

Divisa - A região onde aconteceu a OTEVEIC está próxima a Goiás e ao Distrito Federal, o que explica, segundo a PRF, a quantidade de carros e motos irregulares dessas duas unidades da federação circulando por Santa Maria da Vitória e região.

Dos 13 veículos recuperados, 10 foram licenciados e roubados no Distrito Federal ou em Goiás. Na maioria das ocorrências, os veículos recuperados e adulterados utilizavam placas clonadas de veículos licenciados tanto no DF como no estado do Goiás.

A operação fez parte de um curso de capacitação para 44 policiais civis, 7 policiais militares e outros 24 policiais rodoviários federais.

Por Redação GN | Fonte: Bocão News
Compartilhe no G+

GN OnLine

Os comentários não representam a opinião do GN Online; a responsabilidade é única e exclusivamente do autor do comentário.

0 comentários: