Liga dos Campeões: Zidane tem cautela com clássico; Simeone projeta resultado apertado na semifinal


O Real Madrid fez, nesta segunda-feira (1º), o último treinamento antes da primeira partida contra o Atlético de Madrid, pela semifinal da Liga dos Campeões. Na entrevista coletiva, logo após as atividades, o técnico Zinedine Zidane rechaçou o rótulo de favorito no confronto.

“Não somos favoritos. É uma semifinal e cada equipe tem 50% de chance, como sempre é antes de uma eliminatória. Teremos que dar o máximo para ganhar a partida de amanhã [terça], sem pensar na volta. Precisamos somente pensar no jogo de amanhã”, destacou o francês.

Outro ponto tocado pelo treinador foi em relação ao histórico recente entre as duas equipes na Champions League: na edição 2013/14, os merengues empataram nos minutos finais da decisão e levaram o título na prorrogação. Na última, 2015/16, voltaram a vencer o rival local nos pênaltis. Para Zidane, o retrospecto não pesa em nada.

“É uma semifinal, as eliminatórias começam amanhã [terça] e teremos motivação extra. O que já aconteceu, já foi, e não podemos nos beneficiar com isso, apesar de ter sido positivo para nós [as duas conquistas]. Agora é completamente diferente e eles farão de tudo para irem à final”, completou.

As equipes de Madri entram em campo nesta terça (2), às 15h45 (de Brasília), pelo primeiro jogo da semifinal da Liga dos Campeões. A partida de ida acontece no estádio Santigo Bernabéu, casa do Real Madrid.


O Atlético de Madrid encerrou nesta segunda-feira sua preparação para o duelo contra o Real Madrid, válido pela semifinal da Liga dos Campeões, que será disputado nesta terça-feira, às 15h45 (de Brasília), no estádio Santiago Bernabéu. Este será o terceiro encontro entre os rivais de Madri em uma fase decisiva da competição. Nas outras duas oportunidades, as equipes fizeram a final da competição internacional, nas edições de 2013/14 e 2015/16, ambas vencidas pelo Real.

Se os últimos encontros foram decididos nos detalhes, Diego Simeone projeta mais dois duelos bastante equilibrados para decidir quem será o finalista da atual edição. “Imagino que o resultado da partida seja apertado. Temos que saber aproveitar os espaços que possivelmente eles irão nos dar. Sabemos que decidiremos em casa e o adversário com certeza terá uma postura diferente por atuar em casa. Espero jogo tático e complexo desde o início”, declarou o comandante.

O treinador argentino ainda aproveitou a coletiva para revelar a sua admiração pelo trabalho de Zinedine Zidane.”É espetacular, com as dificuldades que ele tinha quando começou, conseguiu equilibrar a equipe emocionalmente, fazê-la competir de maneira muito forte. É ótimo o seu trabalho. Amanhã (terça), vamos enfrentar uma equipe importante”, analisou o técnico.

A partida de volta deste confronto está marcada para o dia 10 de maio, às 15h45 (de Brasília), no estádio Vicente Calderón. O clube que se sair melhor na somatória das duas partidas enfrenta o vencedor da outra semifinal. disputada entre Juventus e Monaco.

Por Redação AEC | Fonte: Gazeta Esportiva
Compartilhe no G+

GN OnLine

Os comentários não representam a opinião do GN Online; a responsabilidade é única e exclusivamente do autor do comentário.

0 comentários: