Cuca acerta contrato até 2018 com o Palmeiras


O Palmeiras acertou o retorno de Cuca. O treinador, que deixou o clube em dezembro do ano passado, após a conquista do título brasileiro, será o substituto de Eduardo Baptista, demitido após a derrota para o Jorge Wilstermann, pela Libertadores. Cuca vai assinar um contrato até o final de 2018.

O técnico voltará para o clube ganhando mais do que quando o deixou em 2016. O salário do campeão brasileiro será no mínimo R$ 600 mil. Até o ano passado, ganhava cerca de R$ 400 mil por mês.

A Crefisa, patrocinadora do Palmeiras, já foi contatada pelo clube e aceitou bancar a metade do salário do técnico.

Na avaliação da diretoria do clube, as vantagens de contar com Cuca no grupo seriam a identificação com o Palmeiras e o conhecimento prévio dos jogadores. Zé Roberto, Jean, Vitor Hugo, Tchê Tchê e Dudu se destacaram na campanha do título brasileiro de 2016 e não têm jogado bem nesta temporada.

Além disso, os dirigentes palmeirenses avaliam que havia passividade de alguns jogadores na temporada 2017.

"O Eduardo iniciou em janeiro conosco, tinha um planejamento e no decorrer dos meses não atingimos a evolução necessária e desejada. Entendemos que a equipe necessita de ajustes para alcançar nossas metas. Falta de evolução da equipe foi o motivo da demissão", disse o presidente Mauricio Galiotte.

Cuca deixou o Palmeiras em 2016 alegando problemas pessoais. Neste ano, pessoas ligadas ao Santos telefonaram para o técnico para saber se ele estaria disposto a ocupar a vaga que hoje é de Dorival Júnior.

O treinador está em Curitiba. Ainda não foi definida a data de sua apresentação. A restreia de Cuca deverá ser contra o Vasco, no próximo dia 14, pela primeira rodada do Campeonato Brasileiro.

Por Redação AEC | Fonte: Folhapress
Compartilhe no G+

GN OnLine

Os comentários não representam a opinião do GN Online; a responsabilidade é única e exclusivamente do autor do comentário.

0 comentários: