Tênis: Bellucci perde na final em Houston; Johnson é campeão


Thomaz Bellucci entrou em quadra para disputar sua oitava final em torneios ATP. Era também a possibilidade de garantir seu quinto título no circuito. Mas não foi dessa vez. No jogo que durou quase duas horas e meia, o americano Steve Johnson venceu a decisão em Houston (EUA) por 2 sets a 1, com parciais de 6/4, 4/6 e 7/6 (5).

O jogo começou bem para o brasileiro. Bellucci conseguiu uma quebra logo no game de abertura e buscou a paralela para começar em vantagem. O empate de Johnson viria no quarto game. Mesmo depois errar, Johnson confirmou o saque e venceu seu terceiro game seguido. Foi em um erro com o forehand que Bellucci sofreu a segunda quebra na partida.

O paulista fez três games de saque no início do segundo set. Johnson também salvou quatro chances de quebra, que só viria no nono game, após quatro erros do americano. Bellucci empatou o jogo com ótimos saques.

Era o começo de um terceiro set acirrado e dolorido. Bellucci chegou a liderar o placar por 4 a 2, mas perdeu o saque no oitavo game. Johnson sentiu uma contusão que poderia comprometer o seu jogo, mas se recuperou para o tie-break e venceu a competição.

Antes do confronto deste domingo, Bellucci e Johnson haviam se enfrentado apenas uma vez, no Australian Open do ano passado, e o norte-americano levou a melhor em sets diretos.

Para chegar até a final, o caminho dos jogadores não foi fácil. O paulista encarou os americanos Frances Tiafoe, Ernesto Escobedo e Sam Querrey, além do argentino Máximo González. O americano entrou em quadra apenas nas oitavas de finais, e jogou contra o alemão Dustin Brown, o espanhol Fernando Verdasco e o compatriota Jack Sock.

Após o vice-campeonato, Bellucci, atual 65º do ranking, sobe para o 52º lugar. Sua melhor marca foi a 21ª posição, alcançada em 2010.

Por Redação AEC | Fonte: Gazeta Esportiva
Compartilhe no G+

Editor Chefe: GN OnLine

Os comentários não representam a opinião do Portal GN; a responsabilidade é única e exclusivamente do autor da mensagem.

0 comentários: