Professora é amarrada à própria cama e assassinada em Alagoinhas


Uma professora universitária foi amarrada à própria cama, amordaçada e ferida até a morte em Alagoinhas, na Bahia. O corpo de Rosângela Gomes Costa, de 35 anos, foi encontrado na manhã desta sexta-feira (21), com, pelo menos, oito perfurações provavelmente causadas por facas, conforme a Polícia Civil.

A docente, que ensinava no Centro Territorial de Educação Profissional (Cetep) e também era enfermeira, estava desaparecida desde a quinta-feira (20). Um vizinho teria chamado a polícia e relatou ter ouvido muito barulho durante a madrugada. De acordo com depoimentos preliminares, Rosângela Costa teria discutido com alguém na própria casa. Testemunhas acreditam se terem ouvido vozes de homem. O crime está sendo investigado pela polícia.

Por Redação GN | Fonte: Notícias ao Minuto
Compartilhe no G+

GN OnLine

Os comentários não representam a opinião do GN Online; a responsabilidade é única e exclusivamente do autor do comentário.

0 comentários: