Libertadores: Chape se complica; Galo tenta embalar e Santos quer espantar a crise


Três jogos abriram a terceira rodada da Copa Libertadores na noite desta terça-feira (18). Ainda não foi dessa vez que a Chapecoense venceu como mandante e se complicou em relação a classificação. Por outro lado, o empate entre Sporting Cristal-PER e The Strongest-BOL foi bom para o Santos.

Em uma partida bastante disputada e com muitas entradas duras, principalmente por parte dos uruguaios, a Chapecoense ficou no empate com o Nacional, por 1 a 1, na Arena Condá, e deixou a zona de classificação do Grupo 7, caindo para o terceiro lugar com os mesmos quatro pontos que o adversário, atrás no saldo de gols (0 contra -1).

Ainda sem vencer como mandante na Libertadores, o Verdão do Oeste se complicou em relação a classificação, pois faz duas partidas fora de casa e apenas uma na Arena Condá. A próxima partida, inclusive, será no Uruguai, contra o Nacional.

Mesmo diante de um público pequeno no Estádio La Fortaleza, o Lanús-ARG fez o dever de casa e assumiu a liderança isolada da chave ao golear o Zulia-VEN, por 5 a 0. O curioso é que Acosta abriu o placar logo aos cinco minutos de jogo e depois todos os gols aconteceram depois do intervalo, através de Sand, Germán Dias, Alejandro Silva e Pasquini.

Essa foi a segunda vitória seguida do Lanús - havia batido a Chapecoense, em Chapecó -, que chegou aos seis pontos e assumiu a liderança. Enquanto isso, o Zulia estacionou nos três e amarga a lanterna.

BOM RESULTADO
A outra partida da noite foi realizada no Estádio Alberto Gallardo, em Lima, e terminou empatada sem gols, resultado bom para o Santos. O The Strongest-BOL assumiu a vice-liderança do Grupo 2, com quatro pontos, enquanto o Sporting Cristal-PER segue sem vencer e amarga a lanterna, com apenas dois empates.

GALO E PEIXE JOGAM HOJE
Quatro jogos seguem movimentando a Libertadores nessa quarta-feira (19), com Santos e Atlético-MG atuando fora de casa em busca da liderança de seus grupos. Nas outras partidas, os grupos de Botafogo e Grêmio também podem ter resultados importantes.

Pelo Grupo 2, o Santos vai ao El Campín, em Bogotá, para enfrentar o Santa Fe, às 21h45. O time brasileiro liderança a chave com quatro pontos, um a mais do que os colombianos.


A situação do Atlético é semelhante. Com quatro pontos, o Galo lidera o Grupo 6, mas tem o Godoy Cruz empatado em pontos na segunda colocação. Nessa quarta, o time mineiro vai ao Nicolás Leoz, em Assunção, para enfrentar os paraguaios do Libertad, terceiro colocado com um ponto.
As outras partidas do dia, não há clubes brasileiros, mas os resultados vão influenciar Grêmio e Botafogo. O Tricolor Gaúcho lidera o Grupo 8 com seis pontos, mas só entra em campo na quinta. Na quarta, Zamora e Deportes Iquique, ambos ainda sem pontuar, se enfrenam no La Carolina.

Pelo Gripo 1, Estudiantes e Atlético Nacional jogam no Ciudad de La Plata. Os dois times eram tidos como os principais adversários do Botafogo na briga pela classificação, mas ainda não pontuaram. O Glorioso joga apenas na quinta-feira, quando visita o Barcelona, em Guayaquil. O time equatoriano divide a liderança da chave com o brasileiro, ambos com seis pontos.

Por Redação AEC | Fonte: Agência Futebol Interior
Compartilhe no G+

Editor Chefe: GN OnLine

Os comentários não representam a opinião do Portal GN; a responsabilidade é única e exclusivamente do autor da mensagem.

0 comentários: