F1: Alonso acredita que mudanças para 2017 melhoraram a categoria


A Fórmula 1 tratou de alterar regras e configuração de seus carros para a atual temporada, na intenção de aumentar a competitividade. E as mudanças parecem ter agradado os pilotos, que sentem-se mais livres para conseguir realizar suas manobras preferidas na pista.

O espanhol Fernando Alonso foi um dos que se manifestou com aprovação ao modelo atual de disputa, lembrando como a presença do piloto era menos determinante na temporada anterior.

“No ano passado se podia pilotar tomando um café no cockpit”, ironizou Alonso, em alusão a pouca liberdade que o piloto possuía para influenciar na corrida com sua qualidade ao volante, comparando com a situação atual, mais favorável para ele e seus colegas de profissão.

“É muito mais divertido de conduzir estes carros e velocidade em curva é a que deve estar na F1”, pontuou.

Ao comentar sobre seu desempenho no primeiro Grande Prêmio do ano, o de Melbourne, na Austrália, em que acabou não completando a prova até o final, o espanhol admitiu que uma melhora com a McLaren é tratada de forma urgente pela equipe.

“A Austrália foi uma surpresa para nós, que não esperávamos nos apresentar a esse nível, embora, no papel, os resultados mostrem a realidade. Sabemos que há muito trabalho a fazer e não estamos recebendo o que nós propusemos na pré-temporada, mas estamos trabalhando duro”, expressou.

Por Redação AEC | Fonte: Gazeta Esportiva
Compartilhe no G+

GN OnLine

Os comentários não representam a opinião do GN Online; a responsabilidade é única e exclusivamente do autor do comentário.

0 comentários: