Adolescentes rendem funcionários e fogem de Instituição Socioeducativa em Salvador


Dez adolescentes internos da Comunidade de Atendimento Socioeducativo (Case) fugiram no local na noite do último domingo (23). Segundo funcionários, internos renderam os agentes e fugiram pela porta da frente da unidade. Três dos adolescentes já foram re-apreendidos.

De acordo com a Fundação da Criança e do Adolescente (Fundac) a unidade tem capacidade para 150 jovens mas abriga 355. Procurada pela Metrópole, a Fundação afirmou também que novos alojamentos estão sendo criados para resolver o problema de superpopulação e serão entregues ainda no primeiro semestre de 2017.

A unidade foi fundada em 1978 como o Centro de Recepção e Triagem da Bahia (CRT), mas com a promulgação do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), em 1990, e a transformação da FAMEB na FUNDAC, em 1991, o CRT passou a ser Comunidade de Atendimento Socioeducativo (Case), para o atendimento de adolescentes em cumprimento de medidas socioeducativas de internação e internação provisória.

Por Redação GN | Fonte: Metro1
Compartilhe no G+

GN OnLine

Os comentários não representam a opinião do GN Online; a responsabilidade é única e exclusivamente do autor do comentário.

0 comentários: