UFC: Belfort é nocauteado por Gastelum em Fortaleza


O UFC retornou ao Brasil neste último sábado (11).
Realizando a sua segunda visita na cidade de Fortaleza, o Centro de Formação Olímpica recebeu a primeira edição do Ultimate neste ano no país.

Liderado pelo ídolo nacional, o carioca Vitor Belfort acabou não atingindo seu objetivo contra a promessa a americana Kelvin Gastelum.

Em um duelo com bastante movimentação, Belfort tomou a iniciativa buscando colocar seu conhecido boxe em prática.

Sabendo do perigo, Gastelum adotou uma postura paciente que aos poucos foi mudando ao decorrer do primeiro round.

Após acertar um knockdown em Vitor, o americano continuou a atacar até conseguir a vitória.

Belfort tentou resistir a pressão de Kelvin, chegando a se recuperar da primeira queda mas acabou não suportando a segunda pressão de Gastelum.

Com socos pesados, o campeão do reality show de lutas do UFC, The Ultimate Fighter acabou conseguindo obrigar o árbitro a interromper o combate após um segundo knockdown e mais alguns socos no adversário.


Desafio a Spider e Belfort quer luta de despedida…

Na entrevista pós luta, Kelvin Gastelum aproveitou a oportunidade para desafiar o maior nome do MMA brasileiro na atualidade, Anderson Silva.

“Gostaria de enfrentar o Anderson Silva em junho, no Rio de Janeiro. Quero agradecer a todos vocês pelo apoio. Fiquei três meses treinando para essa luta contra o Vitor e não pude participar do aniversário de minha mãe.” revelou Kelvin que ensaiou um “parabéns” com a ajuda do público.

Após o nocaute, Belfort novamente decepcionado pediu desculpas ao público e pediu uma nova oportunidade para lutar no mesmo card que Gastelum, no Rio.

“Queria pedir desculpas para vocês. Hoje não foi o meu dia. Quero voltar para fazer minha última luta no contrato que tenho com o UFC, quem sabe na minha cidade, no Rio de Janeiro.” disse Belfort.

Barboza, Shogun e Borrachinha brilham com nocautes…

Quem roubou a cena foram os brasileiros Edson Barboza Jr e Paulo Borrachinha.

Fazendo um dos duelos mais equilibrados da noite contra o americano Beneil Dariush, Barboza encontrou dificuldades até acertar uma poderosa joelhada voadora que derrubou o oponente.

Edson chegou pediu uma chance de disputar o título, após o feito em Fortaleza.

“Já estou lutando a muito tempo no UFC e venho de vitórias consecutivas. Está na hora de ter uma chance e lutar pelo cinturão, o que você acham?” perguntou o lutador que recebeu o apoio da torcida.


Na co-luta principal, o ex campeão Maurício “Shogun” Rua fez um duelo franco contra Gian Villante.

Em uma verdadeira luta de boxe, Shogun chegou a balançar após uma sequência de golpes. Mostrando um bom poder de recuperação, o brasileiro conseguiu reverter o momento ruim com o nocaute no segundo round.


Fazendo sua estréia no UFC, o campeão do Jungle Fight, Paulo Borrachinha não tomou conhecimento do sul africano Garreth McLellah.

Em apenas 77 segundos de luta, o brasileiro conseguiu impor seu jogo em pé e vencer no primeiro round por nocaute técnico.

O UFC retorna no próximo final de semana com a edição Fight Night Londres. O duelo principal será entre o inglês Jimi Manuwa que enfrenta o americano Corey Anderson.

Resultados do UFC Fortaleza:
Kelvin Gastelum venceu Vitor Belfort por nocaute técnico aos 3m52s do 1º round;
Mauricio Rua venceu Gian Villante por nocaute técnico aos 59s do 3º round;
Edson Barboza venceu Beneil Dariush por nocaute aos 3m35s do 2º round;
Ray Borg venceu Jussier Formiga por decisão unânime (29-28, 29-28, 29-28);
Bethe Correia e Marion Reneau empataram em decisão majoritária (27-29, 28-28, 28-28);
Alex Oliveira venceu Tim Means por finalização (mata-leão) aos 2m38s do 2º round;
Kevin Lee venceu Francisco Trinaldo por finalização aos 3m12s do 2º round;
Sergio Moraes venceu Davi Ramos por decisão unânime (30-27, 30-27, 30-27);
Joe Soto venceu Rani Yahya por decisão unânime (29-28, 29-27, 29-27);
Michel Prazeres venceu Joshua Burkman por finalização (estrangulamento norte-sul) a 1m41s do 1º round;
Jeremy Kennedy venceu Rony Jason por decisão unânime (29-28, 29-28, 29-27);
Paulo Borrachinha venceu Garreth McLellan por nocaute técnico a 1m17s do 1º round.
Por Redação AEC | Fonte: Planeta Octógono/Gazeta Esportiva
Compartilhe no G+

GN OnLine

Os comentários não representam a opinião do GN Online; a responsabilidade é única e exclusivamente do autor do comentário.

0 comentários: