Casal é preso em flagrante ao tentar aplicar golpe contra Grupo A Tarde


Um casal foi preso, na tarde desta quinta-feira, 16, enquanto tentava adquirir produtos promocionais do Grupo A Tarde  utilizando cartões de crédito fraudados.

Segundo investigadores da Polícia Civil responsáveis pelo flagrante, Karolina Costa Ferreira, 23 anos, e Rhamuze Moreira dos Santos, 28, são apontados como integrantes de uma quadrilha que aplicou uma série de golpes contra a empresa, entre 13 e 24 de fevereiro passado.

A prisão ocorreu quando a dupla aguardava atendimento no setor de assinaturas, na sede de A Tarde, no  Caminho das Árvores, em Salvador.

O objetivo dos dois era resgatar um voucher que dava direito a diárias em Costa do Sauipe. Eles, entretanto, acabaram surpreendidos por equipes do Departamento de Crimes Contra o Patrimônio (DCCP), que já os monitoravam.

De acordo com o departamento jurídico do grupo, a fraude começou a ser descoberta após operadoras de crédito contestarem ao menos 21 compras em nome dos clientes.

Transações feitas mais de uma vez com o mesmo cartão também levantaram suspeita.  “Eles só faziam as assinaturas para ter direito a esses espaços, que, se fossem pagos, custariam de R$ 750 a R$ 1.200, por noite”, detalhou uma funcionária do departamento jurídico do Grupo A Tarde.

Estima-se que os golpes geraram prejuízo em torno de R$ 20 mil – valor que pode ser ainda maior. A empresa calcula que cerca de dez pessoas foram alvo da quadrilha nas diversas transações. O casal foi encaminhado para prestar depoimento na seda do DCCP, na Piedade, na capital.

Por Redação GN | Fonte: A Tarde
Compartilhe no G+

GN OnLine

Os comentários não representam a opinião do GN Online; a responsabilidade é única e exclusivamente do autor do comentário.

0 comentários: