Sem espaço e reclamando de banco, Lucas Barrios é liberado pelo Palmeiras


Borja, William "Bigode", Dudu, Roger Guedes, Kemps, Alecsandro, Rafael Marques, Erik... A concorrência no ataque do Palmeiras é grande na atual temporada, e isso tem desmotivado Lucas Barrios, que está no clube desde 2015. Sempre no banco de reservas e com poucas oportunidades no time titular, o argentino naturalizado paraguaio pediu para ser negociado. E a diretoria aceitou.

Barrios reclamou de não ter sido aproveitado na estreia do Campeonato Paulista, diante do Botafogo, antes mesmo de Borja ser anunciado oficialmente. Depois, o paraguaio reclamou, novamente, de ficar de fora do jogo-treino contra o Santo André, na última segunda-feira. A paciência do atacante acabou quando ele sequer foi relacionado para enfrentar o ituano, no último domingo, pela 2ª rodada do Paulistão.

Entretanto, o alto salário de Barrios pode atrapalhar na busca por um novo clube. No Palmeiras, o jogador recebe cerca de R$ 560 mil mensais, mas os gastos chegam a quase R$ 1 milhão por conta de direitos de imagem, comissão e comprar dos direitos federativos. Por conta do alto custo, o jogador deve seguir para o futebol europeu.

Com passagens por Argentino Juniors, Tigres e Tiro Federal, da Argentina, Temuco, Cobreloa e Colo Colo, do Chile, Atlas, do México, Borussia Dortmund, da Alemanha, Montpellier, da França, além do futebol chinês e russo, Barrios tem 44 jogos com a camisa do Palmeiras e marcou 13 gols.

Por Redação AEC | Fonte: Agência Futebol Interior
Compartilhe no G+

GN OnLine

Os comentários não representam a opinião do GN Online; a responsabilidade é única e exclusivamente do autor do comentário.

0 comentários: