'Carnaval não é lugar para mulher direita' aponta pesquisa


Uma pesquisa realizada pelo Instituto Data Popular concluiu que 61% dos homens acham que uma mulher solteira que vai pular carnaval não pode reclamar de ser cantada. Além disso, 49% disseram que bloco de carnaval não é lugar para mulher “direita” e 56% consideraram que mulheres que usam aplicativos de relacionamento não querem nada sério.

Em entrevista à Agência Brasil, o presidente do Instituto Data Popular, Renato Meirelles, explicou que o homem ainda tem a visão de que a mulher é propriedade dele e que ela é feliz dessa forma, “como se a mulher tivesse que ser grata pela grosseria dele”.

Por fim, a pesquisa ainda revelou que na percepção de 70% dos homens, as mulheres se sentem felizes quando ouvem um assobio, 59% acham que as mulheres ficam felizes quando ouvem uma cantada na rua e 49% acreditam que as mulheres gostam quando são chamadas de gostosa.

A pesquisa foi feita entre os dias 4 e 12 de janeiro de 2017, com 3,5 mil brasileiros com idade igual ou superior a 16 anos, em 146 municípios.

Por Redação GN | Fonte: Bahia Notícias
Compartilhe no G+

GN OnLine

Os comentários não representam a opinião do GN Online; a responsabilidade é única e exclusivamente do autor do comentário.

0 comentários: